Menu
SADER_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Tiroteio no Morro dos Macacos mata um no Rio

25 Nov 2004 - 13h12
Um jovem morreu baleado hoje durante tiroteio entre policiais e traficantes no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Rio, por volta das 6h. A vítima, que ainda não foi identificada, chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital do Andaraí.

Moradores da região evitaram sair de casa e alguns alunos não compareceram às aulas.

Durante a madrugada, a zona sul da cidade foi novamente palco de tiroteios entre traficantes da Rocinha, do Vidigal e policiais. O confronto, o segundo em menos de três dias, durou quase duas horas e obrigou o fechamento da avenida Niemeyer, por cerca de 50 minutos. Pelo menos uma pessoa ficou ferida. Moradores foram impedidos de irem para suas casas.

Já na zona norte, outro tiroteio entre traficantes levou pânico aos motoristas que passavam pela Avenida Brasil, que ficou fechada por quase uma hora, no sentido Zona Oeste. Balas traçantes cruzaram a via e muitos motoristas tentavam voltar pela contramão na descida do Viaduto do Gasômetro, em direção à Rodoviária Novo Rio.
 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho