Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 24 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Timão encara o Oeste pelas quartas de final do Paulistão

23 Abr 2011 - 11h32Por Globo Esporte

Sem sustos na primeira fase, o Corinthians inicia neste sábado um momento que poderá conduzi-lo ao céu ou ao inferno. Eliminado precocemente da Taça Libertadores, o Timão enfrenta o Oeste, às 18h30m (de Brasília), no Pacaembu, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, obrigado a conquistar ao menos um título em 2011 para evitar que a torcida volte a cobrar a equipe.

Depois de chegar a liderar, o Corinthians encerrou a fase de classificação na terceira posição, com 38 pontos. Em nenhum momento o Timão correu risco de ficar fora das finais, mas não conseguiu ser estável ao longo de 19 rodadas. Por isso, não poderá cometer erros. A vaga às semifinais será decidida em apenas um duelo. Ninguém tem a vantagem do empate. Em caso de igualdade no tempo normal, as equipes vão para os pênaltis. O vencedor pega Palmeiras ou Mirassol, que jogam domingo.

O Oeste chega como azarão, mas com a esperança de surpreender. O clube de Itápolis, região central do estado de São Paulo, arrancou nas últimas rodadas obtendo três vitórias e um empate, desempenho que o colocou na sexta posição, abaixo apenas dos grandes e da Ponte Preta. A última derrota foi justamente para o Corinthians por 3 a 0, também no Pacaembu.

Salvio Spinola Fagundes Filho apita a partida. Ele será auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Anderson Jose de Moraes Coelho. O SporTV transmite a partida ao vivo, e você acompanha também, em Tempo Real, no GLOBOESPORTE.COM.

Corinthians: vale vaga e calmaria. Além de chegar às semifinais, o Timão tenta espantar qualquer possibilidade de ser pressionado novamente pela torcida, como aconteceu na eliminação na Taça Libertadores. Em caso de um revés, quem corre sério risco de perder o emprego é o técnico Tite.

Oeste: no momento mais importante de sua história, o Rubro-Negro não quer fazer feio. O clube nunca chegou tão longe no Paulistão e aposta no bom momento na reta final da primeira fase para complicar a vida corintiana.

Corinthians: Tite decidiu fazer uma mudança no setor de criação, tão criticado ao longo do ano. Bruno César volta a ser titular na vaga de Morais e formará a dupla de armadores com Jorge Henrique. O atacante Dentinho, que foi suspenso por três jogos pela expulsão contra o São Paulo e que sofreu uma acidente na Marginal Tietê na última terça-feira, está de volta. O zagueiro Leandro Castán também retorna depois de cumprir punição pelo acúmulo de advertências. A formação: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Bruno César e Jorge Henrique; Dentinho e Liedson.

Oeste: o técnico Luis Carlos Martins já tem na cabeça boa parte do time que será titular no fim de semana. A única dúvida está no ataque. Anselmo Ramón ainda se recupera de uma lesão muscular não sabe se tem condições de atuar. Caso ele seja vetado pelos médicos, o mais provável é que o treinador escale Alex William na função. A provável escalação é: Fábio, Dedê, Rafael Caldeira, Paulo Miranda e Fernandinho; Adriano, Dionísio, Márcio Carioca e Roger; Anselmo Ramon (Alex William) e Fábio Santos.

Corinthians: Bruno César é a grande aposta do Corinthians para resolver os problemas na criação das jogadas. O meia, que perdeu a posição no início do ano, recuperou a confiança do treinador nas últimas semanas e, mesmo negociado com o Benfica-POR, tem a missão de abastecer o artilheiro Liedson.

Oeste: o centroavante Fábio Santos desponta como a arma do Rubro-Negro para a fase final do Paulistão. O jogador marcou nove gols até o momento e está abaixo apenas de Liedson e Elano, do Santos, na briga pelo posto de goleador máximo da competição.

Tite, técnico do Corinthians: “Temos a responsabilidade de conquistar o título, necessidade de vencer. Vivenciei o outro lado também. É um jogo que possibilita a ascensão profissional. Por isso, respeito o Oeste. Não será fácil”.

Luis Carlos Martins, técnico do Oeste: “O pensamento é fazer uma partida consciente do que podemos alcançar, mas nada de retranca, de jogar para empatar. Vamos jogar o que sabemos e temos muitas chances. Espero que estejamos em um dia bom”.

* Esta é apenas a quarta vez que Corinthians e Oeste se enfrentam na história do Campeonato Paulista. Nos três primeiros jogos, só deu Timão 4 a 1 (2009), 2 a 1 (2010) e 3 a 0 (2011).

* Com 12 gols sofridos, o Corinthians tem a segunda melhor defesa do campeonato, superada apenas pelo Palmeiras, que sofreu oito. O Corinthians não levou gols em 11 de seus 19 jogos e apenas três vezes sofreu mais de um na mesma partida (2 a 2 São Bernardo, 3 a 2 Mirassol e 1 a 2 São Caetano).

* O Oeste também tem uma defesa destacada neste Campeonato Paulista. Com 17 gols, o time de Itápolis é o quarto melhor, atrás apenas de Palmeiras, Corinthians e Ponte Preta.

No dia 23 de março de 2011, o Corinthians derrotou o Oeste por 3 a 0, no Pacaembu, pela primeira fase do Campeonato Paulista. Os gols alvinegros foram marcados por Paulinho, Liedson e Dentinho. O triunfo valeu a classificação antecipada para as quartas de final.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro