Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Tetila confirma Biasotto como o novo secretário de Governo

28 Dez 2006 - 12h38
Conforme o Douradosinforma havia divulgado com exclusividade no dia 14 de dezembro e reiterado na última terça-feira, o prefeito de Dourados Laerte Tetila (PT), confirmou nesta manhã o nome do professor-doutor, Wilson Valentin Biasotto, atual assessor especial da prefeitura, como o novo secretário de Governo.

Biasotto vai substituir Ermínio Guedes, que colocou o cargo à disposição há 15 dias. O anúncio do novo secretário de Governo foi feito no distrito de Vila Vargas, durante a solenidade de lançamento da pedra fundamental das indústrias Agrícola São Lourenço e Brasil Ecodiesel.

Biasotto é amigo do prefeito há 30 anos e ambos são contemporâneos da universidade federal, hoje UFGD – aliás, Biasotto defende o projeto da UFGD há cerca de 20 anos e atualmente está se dedicando à transformação de Dourados em “Cidade Educadora”.

O professor foi secretário de Governo antes de Ermínio e deixou na época o cargo para reassumir o cargo de vereador. Além de vereador na legislatura anterior, foi candidato a deputado estadual e lhe faltaram apenas dois mil votos para se eleger. Há dois anos, se candidatou à reeleição de vereador, mas não ganhou, embora tenha tido da mesma forma uma boa votação.

Ele também é um hábil articulador político e tem experiência na lida com os bastidores das relações partidárias entre o Executivo e o Legislativo. É uma figura respeitada e conceituada no meio político dado à sua cultura, inteligência e formação acadêmica.

Biasotto tem um grupo pequeno dentro do partido, mas mantém uma postura independente e de boa relação com as demais tendências do partido, mas não com a AE.

Além de Biasotto, também eram cogitados para o cargo o deputado federal João Grandão (PT) e a procuradora-geral do município, Jovina Nevoletti Correa.

O nome do novo titular da pasta estava sendo guardado a “sete chaves” pela cúpula petista. No início, Grandão era o favorito para assumir a cadeira de Ermínio, já que possui ampla experiência em Brasília e também é apontado como um grande articulador político.

Entretanto, o mandato de João Grandão na Câmara Federal vai até o dia 31 de janeiro. Como Tetila quer ocupar a vaga no início de janeiro, Biasotto passou a ter vantagem sobre João Grandão. Informações de bastidores indicam que Tetila poderia nomear João Grandão para a secretaria especial ocupada por Biasotto, para aproveitar sua experiência em Brasília para a captação de recursos federais.

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro