Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Terrorista da Al-Qaeda promete matar o premier do Iraque

14 Jul 2004 - 15h15
O terrorista jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, ligado à rede Al-Qaeda, emitiu uma declaração pela internet na qual assume responsabilidade pelo ataque a uma das residências usadas pelo primeiro-ministro iraquiano, Iyad Allawi, e promete perseguir o líder até matá-lo. Allawi é visto pelos radicais islâmicos como um colaborador de George W. Bush. A declaração foi publicada num website conhecido por divulgar esse tipo de mensagem.

“Gostaríamos de lhe dar a notícia, Allawi, que se nossos foguetes da morte erraram... nova aljava, graças a Deus, está cheia de setas letais”, diz a declaração, assinada por Al-Zarqawi.

Quatro projéteis atingiram um bairro próximo à casa de Allawi e ao quartel-general de seu partido, semana passada, ferindo seis pessoas.

“Estamos atrás de você”, prossegue o texto divulgado na internet.

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV