Menu
SADER_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

Temendo aftosa, MS se prepara para agir na fronteira

17 Ago 2004 - 17h39
Temendo tratar-se de aftosa a doença constatada em bovinos na fronteira paraguaia, o governo de Mato Grosso do Sul já está adotando medidas preventivas para o caso de se confirmar que os animais doentes não estão com IBR (Rinotraqueíte Infecciosa Bovina). Segundo o secretário de Produção e Turismo, José Antônio Felício, aumentam os boatos de que se trata de aftosa.
Segundo ele, na região de fronteira houve aumento considerável na venda de desinfetantes e cal, que seriam utilizados nos animais. Ele manifestou a preocupação com a suspeita de que seja um caso de aftosa ao governador Zeca do PT, que está em Brasília. Segundo o secretário, o governador pode buscar informações no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Conforme o secretário, técnicos do Ministério em Campo Grande tiveram acesso aos exames feitos nos bovinos paraguaios. A região que exige preocupação é de fronteira com cidades como Paranhos, Sete Quedas e Amambai.
O secretário informou que equipamentos, como pulverizadores, já estão sendo testados para o caso de ser necessária uma ação emergencial. Se houver confirmação de foco, diz, deve haver apoio do Exército, uma vez que a fronteira é uma região onde fiscais sanitários tem apresentado rejeição em trabalhar por insegurança.
Havendo confirmação, diz Felício, a vacinação deve ser reforçada nos rebanhos sul-mato-grossenses nas cidades fronteiriças.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto