Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de maio de 2021
Busca
Brasil

Técnico do Arsenal protesta após convocação de Edu

20 Ago 2004 - 13h37
O técnico Arsene Wenger, do Arsenal, disse, nesta sexta-feira, que não concordou com a convocação do volante Edu, que atua pela equipe inglesa, para a partida contra o Haiti, na quarta-feira, e que a CBF teve uma atitude antiprofissional.

"Edu atuou 70 minutos. Eu acredito que isso é um desrespeito ao jogador e ao clube. Não é só uma atitude de desrespeito, mas de falta de profissionalismo. O Brasil tem 200 jogadores que podem atuar contra o Haiti", disse o treinador do Arsenal, atual campeão da liga inglesa.

O técnico havia dado três semanas de descanso para o jogador após a conquista da Copa América, em julho, no Peru. "Eu tentei proteger o Edu, mas ele foi selecionado após ter voltado e treinado apenas um dia", lamentou Wenger.

O Brasil venceu os haitianos por 6 a 0 no chamado "Jogo da Paz". O técnico Carlos Alberto Parreira já havia se envolvido em outra polêmica com clubes europeus e não contou com os jogadores que atuam nas equipes do Bayern (ALE) e do Milan (ITA). Os dois clubes não concordaram em liberar seus jogadores.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo
VIOLAÇÃO
Vereador abre caixão para provar que idoso não morreu de covid; assista