Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

TCU aponta irregularidades em obra federal de Nova Andradina

27 Out 2006 - 16h20

O TCU (Tribunal de Contas da União) descobriu irregularidades graves nas obras da Escola Agrotécnica Federal de Nova Andradina, no sul do Estado. As obras estão na relação de outros 89 projetos custeados pelo governo federal e que aparecem com indícios de superfaturamento, pelos seus gestores.

Por conta das suspeitas, o TCU decidiu pedir que o Congresso Nacional bloqueie os recursos, já inseridos no Orçamento de 2007 da União, direcionados aos referidos projetos, a maioria em construção.

O TCU fiscalizou neste ano 259 obras, com investimentos de mais de R$ 20 bilhões, o que representa 90% dos recursos previstos para o setor. Desse total, 89 obras têm indícios de irregularidades graves. Por isso, o tribunal recomenda a sua paralisação.

O valor global dos contratos com irregularidades graves é superior a R$ 4 bilhões. 141 obras apresentaram indícios de irregularidades, mas não precisam ser paralisadas. Somente 29 obras não têm problemas. 

Segundo o ministro-relator do processo, Valmir Campelo, as determinações do TCU para correção das irregularidades poderão gerar uma economia de R$ 1 bilhão, com a redução, por exemplo, dos contratos com preços acima dos valores praticados no mercado.

Com assessoria do TCU 

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro