Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Tchê Garotos participam do Estúdio ao Vivo Transamérica Hits

16 Jun 2010 - 08h57Por Assessoria

Grupo apresenta os hits mais importantes da carreira e músicas do novo disco

 

 

O programa Estúdio ao Vivo Transamérica HITS recebe o grupo Tchê Garotos. A banda gaúcha participa da atração na próxima sexta-feira, dia 18 de junho, a partir das 15 horas.

 

 

Formado em 1995 e com 13 discos e dois DVDs gravados, o Tchê Garotos vem ao programa apresentar as novas músicas do álbum Luau Sertanejo, lançado este ano. Os gaúchos também vão tocar os hits mais pedidos pelos ouvintes na programação da Transamérica HITS, como “Menininha”, “É Problema Meu” e “Vamos Fazer Festa”. 

 

 

Os ouvintes de todo Brasil podem participar do Estúdio Ao Vivo e mandar perguntas para o Tchê Garotos através do e-mail estudio@transanet.com.br. Outra opção é enviar um SMS com a palavra ESTUDIO para 50080 e conferir as imagens da transmissão ao vivo e de tudo que acontece nos bastidores pelo site www.transanet.com.br/hits.  

 

 

O Estúdio Ao Vivo já recebeu duas vezes o prêmio de “Melhor Programa de Música ao Vivo” pela Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA). A Transamérica está entre as principais rádios da América Latina com capacidade estrutural e técnica para realizar este tipo de programa e desde 1990 recebe os astros da música nacional e internacional.

 

 

Victor e Léo, Roupa Nova, Cláudia Leitte, NX Zero, Jota Quest, Jammil, Alanis Morissette, Bruno e Marrone, Alexandre Pires, Skank, Exaltasamba e Daniel, foram alguns dos nomes que já marcaram presença tocando ao vivo para os ouvintes da emissora.

 

 

 

SERVIÇO: Estúdio Ao Vivo Transamérica HITS Tchê Garotos, dia 18/06 às 15h. Apresentação: Yves Resende. Mais Informações: 0300 789 8870 ou www.transanet.com.br/hits  

 

 

Sobre a Rede Transamérica de Comunicação:

 

 

 

A Transamérica é a maior rede de rádios FM do país e a única que possui três formatos diferentes de programação (POP, HITS E LIGHT). A POP é dirigida ao público jovem, das classes socioeconômicas A, B e C, de 20 a 34 anos, e está presente nas principais cidades brasileiras. A HITS, com uma programação eclética, é voltada ao segmento popular, atingindo uma faixa etária (dos 15 aos 39) mais abrangente.  Já a programação da LIGHT é dirigida ao público adulto qualificado, com mais de 30 anos, das classes socioeconômicas A e B. Outro destaque da Rede Transamérica de Comunicação é a programação esportiva com o comando de Eder Luiz, disponível nas três redes (POP/HITS/LIGHT).

 

 

 

Com emissoras nas principais cidades do Brasil e também do Japão, a audiência da Transamérica passa dos oito milhões de ouvintes/mês. Além das emissoras de Rádio, a Rede Transamérica de Comunicação conta com outros produtos, como os portais de Internet Transhopping (www.transhopping.com.br): comparativo de preços de produtos entre lojas Mercado da Música  (www.mercadodamusica.com.br): o maior e mais variado catálogo de músicas para download e Transmobile  (www.transmobile.com.br): produtos e promoções interativas para celulares.

 

 

 

Site oficial: Transanet (www.transanet.com.br).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI