Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

TCE condena contrato e multa ex-prefeito de Anaurilândia

25 Ago 2004 - 15h52

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) declarou ilegal e irregular procedimento licitatório da Prefeitura de Anaurilândia, que escolheu contrato der prestação de serviços com Vanda Stabile Cruz, em 1995. Por conta disso, aplicou também multa de R$ 1 mil (100 Uferms) contra o prefeito à época, Edom Carlos Gonzáles, sob prazo de 20 dias para o recolhimento do valor, estando sujeito a cobrança executiva. O Tribunal determinou ainda que o atual administrador municipal, Edson Takazono (PMDB), encaminhe os documentos que comprovem a execução do contrato referido, caso contrário, os valores referentes serão impugnados.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus