Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 21 de setembro de 2021
Busca
Brasil

TCE condena contrato e multa ex-prefeito de Anaurilândia

25 Ago 2004 - 15h52

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) declarou ilegal e irregular procedimento licitatório da Prefeitura de Anaurilândia, que escolheu contrato der prestação de serviços com Vanda Stabile Cruz, em 1995. Por conta disso, aplicou também multa de R$ 1 mil (100 Uferms) contra o prefeito à época, Edom Carlos Gonzáles, sob prazo de 20 dias para o recolhimento do valor, estando sujeito a cobrança executiva. O Tribunal determinou ainda que o atual administrador municipal, Edson Takazono (PMDB), encaminhe os documentos que comprovem a execução do contrato referido, caso contrário, os valores referentes serão impugnados.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões