Menu
SADER_FULL
sexta, 7 de maio de 2021
Busca
Brasil

Taxa de desemprego medida pelo IBGE cai em julho

26 Ago 2010 - 14h42Por MS Notícias
A taxa de desemprego em julho foi de 6,9%, a menor para este mês desde março de 2002, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Emprego do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados hoje (26). Em relação a junho, quando a taxa foi de 7%, o índice de julho ficou praticamente estável, e na comparação com o mês de julho de 2009, a queda foi de 1,1 ponto percentual.

De acordo com a pesquisa do IBGE, a população desocupada, calculada em 1,6 milhão de pessoas, ficou estável em julho e recuou 11,3% na comparação anual. Já a população ocupada, estimada em 22 milhões, manteve-se estável no mês e cresceu 3,2% em relação a julho de 2009.

Os dados de julho também apontam estabilidade no número de trabalhadores com carteira de trabalho assinada (10,2 milhões), que registrou um crescimento de 5,9% em relação a julho do ano passado. O rendimento médio real dos trabalhadores em julho cresceu 2,2%, ficando em R$ 1.452,50.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo