Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Tarifas telefônicas migrarão até maio para minutos em MS

14 Abr 2007 - 10h04

A transformação das tarifas de telefones fixos da Brasil Telecom de pulsos para minutos acontecerá entre os dias 17 de abril a 10 de maio, em Mato Grosso do Sul, segundo informa o site do governo do Estado. 

Segundo o governo, as datas foram definidas na quinta-feira durante reunião no Procon entre a operadora, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), órgãos de defesa do consumidor e as comissões de defesa do consumidor da Assembléia Legislativa e Câmara da Capital. O consumidor irá escolher entre dois planos obrigatórios: básico ou alternativo.

O superintendente do Procon, Wiliam Douglas de Souza Brito, explicou que o plano básico deve ser escolhido pelos consumidores que fazem ligações curtas de fixo para fixo e que não têm internet discada e o alternativo pelos usuários que fazem ligações acima de três minutos e possuem internet discada.

“A mudança de pulsos para  minutos era uma luta do Procon, já que pulsos ninguém entendia como funcionava. Agora, o consumidor precisa se informar para escolher o melhor plano”, afirmou.

O superintendente lembra que o consumidor precisa entrar em contato com a Brasil Telecom para escolher o plano e, caso isso não ocorra no prazo previsto, haverá uma mudança automática para o plano básico.

“A operadora também oferece planos comerciais, mas o consumidor deve escolher primeiramente um dos planos obrigatórios e somente depois de verificar sua necessidade, optar por uma outra modalidade.

A mudança é gratuita e pode ser feita a qualquer momento”, explica Brito, lembrando que a Brasil Telecom se comprometeu a fazer a alteração do plano em 15 dias após a solicitação do consumidor insatisfeito com a adesão feita.

Na próxima semana, segundo ele, o Procon vai lançar uma cartilha informativa sobre a alteração de pulsos para minutos nas ligações locais e também sobre os dois planos obrigatórios. Além disso, a Brasil Telecom irá informar o consumidor através das contas telefônicas e publicidade.

Na reunião de quinta, a operadora também se comprometeu a melhorar as informações da conta  e o atendimento no call center. “Para qualquer reclamação, o consumidor deve procurar o Procon”, aconselhou o superintendente.

Com assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados
EPICENTRO DA COVID-19
Brasil aproxima de 30 mil mortes pela Covid-19
MEMORIAL
Os brasileiros que perderam a vida na Pandemia do Coronavírus