Menu
SADER_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

SUS vai realizar cirurgias plásticas em pacientes com aids

11 Set 2004 - 08h10
O Ministério da Saúde deverá adotar a partir de janeiro de 2005 como procedimento do Sistema Único de Saúde (SUS) a realização de cirurgias plásticas, lipoaspiração e colocação de próteses em pacientes com aids.

O anúncio foi feito hoje pelo diretor do Programa Nacional de DST e Aids, Pedro Chequer, durante o 12.º Encontro Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e aids, realizado no Rio.

Está prevista a realização pela rede pública de saúde de cirurgias estéticas para corrigir efeitos colaterais provocados por medicamentos de controle da doença.

Um dos problemas enfrentados por soropositivos é a lipodistrofia, que causa distribuição irregular da gordura pelo corpo, com emagrecimento de membros superiores e inferiores, aumento das mamas, diminuição das nádegas, perda de massa facial e acúmulo de gordura no pescoço e no abdome. As indicações são: cirurgias plásticas, colocação de próteses e lipoaspiração.

O início do programa depende apenas da conclusão de um estudo realizado com 300 pacientes com aids por técnicos da UFRJ e da USP, que deverá ser concluído até dezembro.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto