Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

SUS pode receber compensação de fabricantes de cigarros

23 Jul 2004 - 13h25
As empresas fabricantes de cigarros poderão ter que compensar o Sistema Único de Saúde (SUS) pelas despesas com o tratamento de doenças associadas ao tabagismo. A compensação é prevista no Projeto de Lei 3564/04, do deputado Bernardo Ariston (PMDB-RJ).
De acordo com a proposta, cada fabricante de cigarro repassará ao SUS, em parcelas mensais, o correspondente a 2,5% do respectivo faturamento anual. O valor será calculado com base no valor do ano imediatamente anterior.
Se a medida estivesse em vigor, o autor do projeto calcula que só a Souza Cruz, que detém 77% de participação no mercado brasileiro de cigarros e faturou R$ 6,2 bilhões em 2002 com a venda de 82 bilhões de unidades, teria pago em um ano R$ 225 milhões.

Vício que mata
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo. "Estima-se que 1,2 bilhão de pessoas no mundo e 30 milhões no Brasil sejam fumantes", destaca Bernardo Ariston, ao lembrar que o tabaco mata cerca de 200 mil brasileiros todo ano.
O deputado cita dados do Ministério da Saúde para informar que o tratamento de doenças relacionadas ao tabaco custou aos cofres públicos, entre 1995 e 1997, 80 milhões de dólares ao ano. "Diante desses números, acreditamos que é justo e necessário responsabilizar as empresas fabricantes de cigarros e outros produtos fumígeros pelo ônus financeiro que causam ao sistema público de saúde", acrescenta.

Tramitação
A proposta está em análise na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, onde tem como relator o deputado Reinaldo Betão (PL-RJ). Em seguida, será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Como tramita em caráter conclusivo, o projeto pode ser aprovado e enviado à apreciação do Senado sem votação pelo Plenário da Câmara.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore