Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

STJ pede autorização para processar governador André Puccinelli

20 Nov 2009 - 08h13Por Folha Online

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) encaminhou à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul pedido de autorização para abertura de ação penal contra o governador do Estado, André Puccinelli (PMDB).

O processo corre em segredo de Justiça, mas, segundo consta em decisão da ministra Nancy Andrighi, a investigação é sobre lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores.

Também foram denunciados pelo Ministério Público Federal a primeira-dama Elizabeth Maria Puccinelli e o ex-diretor da comissão de licitações da Prefeitura de Campo Grande durante a gestão Puccinelli (1997 a 2004), Mauro Cavalli.

O pedido do STJ foi lido anteontem no plenário da Assembleia e encaminhado para análise da Comissão de Constituição e Justiça. Desde ontem, as duas caixas de documentos do processo estão à disposição dos deputados para análise.

Em questões penais, governadores têm foro privilegiado no STJ. Mas a tramitação das ações depende da autorização das Assembleias Legislativas.

Puccinelli detém ampla maioria na Casa --20 dos 24 deputados. O deputado estadual Youssif Domingos (PMDB), líder do governo, disse que tanto o governador quanto a base aliada estão "tranquilos" em relação ao processo.

Segundo ele, a denúncia levada ao STJ diz respeito a supostas irregularidades nas licitações para a privatização dos serviços de água e esgoto de Campo Grande e para a negociação de uma área pública municipal de 33 hectares.

"Tratam-se de denúncias já analisadas e rejeitadas pelo Judiciário estadual. Por isso mesmo, acredito que o plenário não deve autorizar a abertura do processo", disse Domingos.

Autor de ações populares relacionadas aos dois casos, o ex-deputado Semy Ferraz (PT) disse não acreditar que se tratem de processos idênticos.

"O governo está tentando despistar. Estes dois casos foram apenas o ponto de partida para a questão principal, que é o enriquecimento ilícito dos denunciados", afirmou.

A reportagem procurou e deixou recados nos escritórios dos advogados do governador e do ex-diretor da comissão de licitações da prefeitura. Até a conclusão desta edição, ninguém ligou de volta.

A assessoria de imprensa de Puccinelli disse que o governador não pretende se manifestar e que irá "encaminhar esclarecimentos" aos deputados.

Segundo a assessoria do STJ, uma eventual negativa dos deputados não significará o arquivamento da denúncia --a ação ficaria "congelada" enquanto Puccinelli fosse governador.

 

Leia Também

COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19