Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

STJ diz que provas da Operação Castelo de Areia obtidas em escutas telefônicas são ilega

6 Abr 2011 - 08h22Por Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou ilegais as provas da Operação Castelo de Areia obtidas a partir de escutas telefônicas. Por maioria, a Sexta Turma do tribunal entendeu que as escutas, feitas com base em uma denúncia anônima, contrariam a jurisprudência brasileira.

A decisão foi tomada hoje (5) em julgamento de dois habeas corpus que questionavam a legalidade da operação, desencadeada em 2008 pela Polícia Federal, para investigar crimes financeiros envolvendo executivos da construtora Camargo Corrêa.

Segundo o STJ, a autorização judicial das interceptações não poderia ter sido baseada apenas em denúncias anônimas recebidas pela PF. O desembargador Celso Limongi argumentou que sigilo telefônico é uma garantia constitucional e a violação precisa de “fundamentação minuciosa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos