Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

SP tem 11 ônibus queimados nas últimas horas

8 Ago 2006 - 07h54
A terceira onda de atentados conta alvos civis e militares atribuída ao Primeiro Comando da Capital (PCC) no Estado de São Paulo, iniciada na madrugada de segunda-feira, prosseguiu durante o final da tarde de ontem e na madrugada desta terça. Nas últimas horas, 11 veículos foram incendiados somente na capital - um deles foi atacado na avenida Henrique Schaumann, área nobre da zona oeste paulistana.

Não houve feridos nas ações criminosas, enquanto quatro suspeitos foram mortos e outros dois, presos pela polícia nas últimas horas. Nessas mortes e prisões, os alvos não eram ônibus.

No início da noite de ontem, quatro ônibus já tinham sido alvo de ataques incendiários no município. Mais tarde, dois coletivos foram queimados em Pirituba e na Vila Zatti, na zona oeste da cidade; outro, no Itaim Paulista; outro na zona norte da cidade; e mais três na Zona Sul.

O número de ataques no Estado já passa dos 78 divulgados no final da tarde pelo comandante da Polícia Militar, coronel Elizeu Eclair Teixeira Borges - foram atingidos ônibus, agências bancárias, prédios públicos e forças de segurança pública. Segundo o balanço do governo paulista, até o final da tarde a cidade registrava 13 atentados contra coletivos e 22 em todo o Estado. O saldo já é bem maior.

Na Grande São Paulo, um grupo de homens a bordo de um carro atirou contra um posto da Polícia Militar em São Caetano do Sul, por volta das 20h, e conseguiu escapar. O carro foi encontrado incendiado pouco depois. Em Guarulhos e Suzano, pelo menos três veículos foram queimados nesta segunda-feira à noite. De acordo com a rádio CBN, em Ferraz de Vasconcelos suspeitos atiraram contra um posto policial e uma panificadora.

Em Sumaré, suspeitos foram flagrados preparando ataque com bomba incendiária contra o prédio da Câmara de Vereadores da cidade, por volta de 1h20, e escaparam após perseguição policial. Na cidade vizinha de Hortolândia e em Araraquara, houve outras ocorrências de ataques - sem registro de prisões nem de pessoas feridas.

Homens atiraram contra uma delegacia de polícia por volta das 21h, em Sorocaba, e conseguiram escapar. Já em Campinas, outra delegacia foi alvo de criminosos. Em Indaiatuba, homens a bordo de um Monza branco atiraram contra uma agência bancária.

Ônibus operam normalmente
Por conta do medo de novos atentados, cerca de 4 mil vans chegaram a deixar as ruas da capital paulistana na tarde de ontem. No município, desde o final da tarde de ontem ônibus foram incendiados em diferentes regiões e um vagão da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) também foi queimado. À exceção de uma viação, que preferiu deixar os coletivos na garagem, o serviço amanheceu nesta terça-feira normalizado na capital, enquanto o rodízio de veículos está mantido.

Mortes e prisões
Três suspeitos morreram entre a noite de segunda-feira e esta madrugada na cidade de Cotia, na Grande São Paulo, em dois incidentes distintos. No primeiro, dois homens foram perseguidos no interior de um Chevette por guardas civis metropolitanos, após atirarem contra um posto da corporação - um jovem menor de idade, que portava um revólver, morreu na troca de tiros e dois de seus acompanhantes foram presos.

Mais tarde, já na madrugada, policiais militares mataram dois suspeitos que atiraram uma bomba caseira contra uma agência bancária.

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço