Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 24 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

SP: mulher é impedida de prestar concurso por causa do sapato

29 Jul 2010 - 06h48Por G1
Uma mulher foi impedida de fazer um concurso público por causa do sapato que estava usando. Ela acredita que obedeceu tudo que o edital exigia, mas não foi aceita. O concurso era para merendeira, em Igaraçu do Tietê, a 287 km da capital paulista. O salário é de R$ 600. O caso agora está na Justiça.

O edital determinava que o candidato usasse sapato fechado e sem salto para fazer a prova prática, a segunda fase do concurso. A dona de casa Maria José de Oliveira já tinha passado pela prova escrita e foi para o teste com um calçado de tecido, fechado e sem salto. "Só tinha esse sapato, não tava com condições de comprar outro sapato, então coloquei o que eu tinha", disse.

Quando ela chegou, um fiscal disse que não ia poder fazer a prova prática. A empresa que organizou o concurso para a Prefeitura de Igaraçu do Tietê diz que a sapatilha não estava de acordo com a exigência. Maria José tem certeza que podia ter feito todas as receitas pedidas na prova. E entrou na Justiça pedindo indenização por danos morais.

A primeira audiência do processo ainda não foi marcada pela Justiça. O advogado da empresa que organizou o concurso reafirmou, por telefone, que a "vestimenta" - quer dizer, o sapato - não estava de acordo com o que foi exigido no edital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões