Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Solos contaminados serão recuperados por biorremediação

7 Jan 2011 - 17h38Por Agêcia Notisa

Mesmo com toda a fiscalização existente, ainda são muitos os casos de contaminação do meio ambiente por resíduos industriais. Esses resíduos atingem solos, rios, lençóis freáticos, entre outros, prejudicando a vida de milhares de pessoas direta ou indiretamente. De acordo com cientistas da Unicamp, uma vez que tais acidentes ocorrem, a única forma de resolver o problema é tentar recuperar as áreas contaminadas, através de técnicas de remediação.

“Os frequentes derramamentos de petróleo e seus derivados registrados em solos brasileiros vêm motivando o desenvolvimento de novas técnicas que visam, principalmente, a descontaminação dessas matrizes. São técnicas, físicas, químicas e biológicas, usadas para remoção ou a degradação de petróleo derramado e para a redução de seus efeitos sobre o ecossistema, especialmente os tóxicos”, explicam Juliano Andrade e colegas no estudo “Biorremediação de solos contaminados por petróleo e seus derivados”, publicado em setembro de 2010 na revista Eclética Química.

Eles mostram que, dentre as técnicas desenvolvidas, a "biorremediação" vem se destacando como uma alternativa viável e promissora para o tratamento de solos contaminados por petróleo e seus derivados. De acordo com os especialistas, de modo geral, a biorremediação baseia-se na degradação bioquímica dos contaminantes por meio da atividade de microorganismos presentes ou adicionados no local de contaminação.

“Geralmente, os microorganismos utilizados são bactérias, fungos filamentosos e leveduras. Eles são importantes em função de seus efeitos bioquímicos e por destruírem ou transformarem os contaminantes potencialmente perigosos em compostos menos danosos ao ser humano e ao meio ambiente”, dizem.

Os pesquisadores salientam que, o primeiro fator para definir se a biorremediação é a técnica mais apropriada para o tratamento do local contaminado é a biodegradabilidade do contaminante, ou seja, se o microorganismo irá conseguir metabolizar aquele composto poluidor. “Por isso, o estudo detalhado de cada parâmetro que afeta a biodegradação deve ser feito cautelosamente pelos responsáveis do projeto de remediação”, aconselham.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

VICENTINA DE LUTO
Vicentina se despede de Nayara Ferreira, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
DEODÁPOLIS DE LUTO
Deodápolis se despede do amigo Zé Medeiros, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"
CALOR - Foto: Álvaro RezendeMETEOROLOGIA
'Tira casaco, bota casaco': Calor volta, mas nova frente fria promete chuva e 10°C no fim de semana
(Reprodução, Câmeras de Segurança, Redes Sociais)DESPEDIDA
Morre adolescente atingido por caminhonete em cruzamento, família pede ajuda para realizar o enterro