Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 24 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Situação de vereadores começa ficar complicada em Dourados

15 Set 2010 - 07h50Por Dourados News
A situação está ficando insustentável para os vereadores que foram flagrados recebendo dinheiro público durante a Operação Uragano. Vaiados e xingados na última sessão que terminou em pancadaria, alguns começam a pensar na possibilidade de renunciar ao cargo. Ontem o vereador Zezinho da Farmácia (PSDB) pediu licença por 35 dias. Ele alegou problemas médicos. Walter Hora do PPS vai assumir o cargo.

 

O vereador Marcelo Barros (DEM) depois que deixou a Penitenciária Harry Amorim Costa não compareceu nas duas sessões que foram marcadas e sua campanha para deputado estadual minguou nas ruas da cidade.

Dos outros vereadores presos Aurélio Bonatto (PDT) levou uma sapatada na primeira sessão que compareceu e na segunda-feira foi chamado de ladrão pelo manifestantes que foram à Câmara. Tio Júlio Artuzi (PRB) se limitou a dizer que vai provar sua inocência e pediu para os jornalistas não fazerem perguntas para ele, pois não tinha condições de responder nada. José Carlos Cimatti (PSB) ficou calado durante a sessão de segunda-feira, mas o abatimento dele era visível.

Para Dirceu Longhi (PT) e Gino Ferreira (DEM) também sobram acusações. Indiciados pela Polícia Federal a situação dos dois está sendo analisada pelo Ministério Público Estadual que já pediu o afastamento dos nove vereadores presos e pode também incluir Gino e Longhi neste pedido.

O problema dos vereadores causa constrangimento para servidores da Câmara e para os suplentes que assumiram os cargos. Alguns funcionários da Câmara disseram que as imagens dos vereadores recebendo dinheiro que correu o mundo acabam prejudicando nos trabalhos legislativos. “Hoje as pessoas desconfiam até de nós”, disse uma servidora que pediu para não ser identificada.

Ainda continuam presos os vereadores Sidlei Alves (DEM), ex-presidente da Câmara, Humberto Teixeira Júnior (PDT), Marcelo Hall (PR) e Edivaldo Moreira (PDT). A próxima sessão do legislativo douradense deverá acontecer na segunda-feira dia 20.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões