Menu
SADER_FULL
quarta, 15 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Sindicato denuncia aplicação irregular do Fundef em Maracaju

14 Jul 2004 - 14h03
 

O presidente do Sintrema (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Maracaju), Antônio Carlos de Melo, denuncia que teve aplicação irregular de recursos do Fundef pela prefeitura de Maracaju. A denúncia foi protocolada na última sexta-feira no MPF (Ministério Público Federal) em Campo Grande, sendo que cópia da documentação também foi encaminhada ao Departamento de Acompanhamento do Fundef, no Ministério da Educação em Brasília, para as providências necessárias.

A denúncia apresentada envolve a utilização dos recursos do Fundef, oriundos de repasses constitucionais, que foram aplicados irregularmente, para fazer frente às despesas educacionais que deveriam ser honradas com a cota dos 10% dos recursos destinados à educação. No entanto, conforme o presidente do Sintrema, a prefeitura de Maracaju, sem observar as determinações legais, utilizou os recursos do Fundef para pagamento dessas despesas, o que é irregular. A título de esclarecimento, constitui obrigação constitucional a aplicação de 25% da receita orçamentária, diretamente da educação. Desse “bolo”, o percentual de 10% (que corresponde a 25% - 15%), deve ser aplicado em área de livre escolha de administração desde que vinculados à área educacional.

O percentual de 15% restante constitui aplicação restrita nas fontes indicadas pelo Fundef, que por sua vez, divide-se em 60% (que deve ser aplicado na remuneração de profissionais do magistério), e 40% (que deve ser aplicado no pagamento dos trabalhadores administrativos e na manutenção e desenvolvimento do ensino fundamental), orientação que não foi observada pela prefeitura, segundo a denúncia. Conforme a denúncia, a prefeitura também não demonstrou a aplicação, nos mesmos moldes, do percentual de 25% da receita orçamentária própria, que deveria ser aplicada diretamente na educação, ou seja, o percentual de 10% de “aplicação livre” na educação, e o percentual de 15% aplicado no ensino fundamental.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário
TRUCULENCIA
'Achei que iria morrer sufocada como George Floyd', diz mulher negra que teve pescoço pisado por PM
AUXILIO EMERGENCIAL
Liberados saques e transferências para aprovados no 3º lote
VITIMA DA COVID 19
Cantor morre de covid-19 após sogro e sogra; esposa está em isolamento
CAOS NA SAUDE
MT está perdendo a guerra para o coronavírus; nós subestimamos a doença
TRAGEDIA NO CONDOMÍNIO
Adolescente que matou amiga treina tiro esportiva há 3 anos com o pai
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida e pisoteada pelo marido bêbado
CORONAVIRUS AVANÇA
Brasil tem 72.234 mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
BONITO - DICAS AGÊNCIA
Como fazer Snorkel em Bonito MS, o que ver, o que fazer e o que não!
PANDEMIA CORONAVIRUS
Filho de ex-jogador famoso vende geleias e não vê o pai há nove anos