Menu
SADER_FULL
sexta, 28 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Sindicalistas prometem greve se jornada não for reduzida

19 Nov 2009 - 16h21Por Uol

Sindicalistas prometem uma série de greves e paralisações a partir de 15 de janeiro se a Câmara não votar o projeto que reduz a jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais. O projeto está pronto para votação em plenário e ainda não foi apreciado por falta de acordo com deputados representantes do empresariado, que são contrários à redução.

"Queremos aproveitar o ano eleitoral", disse o deputado Vicentinho (PT-SP). "É uma luta. Eles [empresários] vão resistir", completou.

Trabalhadores e empresários se reuniram com o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), para tentar um acordo. De consenso, apenas a garantia de que não há tempo para a votação este ano - os projetos do pré-sal e o Orçamento devem ocupar a agenda de votações até o recesso no fim do ano.

Em busca de um acordo, Temer criou uma comissão para discutir o assunto. Uma das propostas que poderá ser debatida é a que reduz a jornada aos poucos, até chegar ás 40 horas semanais.

"Quem senta à mesa, se dispõe a dialogar, admite que se pode construir um marco de entendimento. Ainda há distância entre as posições, mas dá para dialogar", disse o deputado Armando Monteiro (PTB-PE), presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Leia Também

TEMPESTADE
VÍDEO: após temporal, motoristas são retirados de shopping com bote
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil e Auxílio Gás são pagos a cadastrados com NIS final 8; confira
ASSUSTADOR
Covid-19: Com 570 mortes, Brasil bate novo recorde de casos registrados em 24h
SUBINDO
Brasil em 24 horas, foram registradas 487 mortes por Covid 19 e 183.722 novos casos registrados
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Quanto Falta para o Fim do Mundo?
TRAGÉDIA NA IGREJA
Confusão em culto termina com pastor e jovem mortos, 4 baleados e casa incendiada
SOB INVESTIGAÇÃO
Lutador é executado com 12 tiros, sua esposa esta grávida
SEU DINHEIRO
Qualquer cidadão pode consultar se tem valores a receber de instituições financeiras; saiba como
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 259 mortes e 83,3 mil novos casos
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio