Menu
SADER_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Simted espera que executivo regulamente licença maternidade

2 Fev 2010 - 15h09Por Diário MS
O Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação – Simted de Dourados entrou em contato com a Secretaria de Governo da Prefeitura de Dourados para saber quando o Município pretende publicar uma lei que regulamente para suas servidoras a ampliação da licença maternidade de 180 dias.

A Câmara Municipal de Dourados aprovou uma alteração na Lei Orgânica do Município que antes previa que a licença poderia ser de somente 90 dias e que já prevê, atualmente, 180 dias de dispensa para que mães e filhos possam ficar mais tempo juntos à fim de aumentar a afetividade entre ambos.

A publicação em Diário Oficial foi feita no dia 23 de dezembro do ano passado, porém, como se trata de uma lei que onera, gera despesas para o Município, cabe ao Executivo tornar a lei válida, o que acontece a partir de sua publicação.

Sobre isso a assessoria de imprensa da prefeitura informou que o assunto já está sendo debatido pela administração, inclusive na procuradoria Geral do Município, que pretende, segundo a assessoria, se reunir nos próximos dias para tratar do assunto.

Sobre datas e prazos, a assessoria não quis adiantar informações e disse que em breve deverá haver a apreciação da questão dentro da administração municipal.

O Simted vem encampando a luta pela ampliação há anos e em 2009 a proposta ganhou força, principalmente depois que o Judiciário Estadual, em seguida o Governo do Estado e a Presidência da República reconheceram que a ampliação do período de contato entre mães e filhos é de suma importância para a saúde de ambos e que isso reforça os vínculos criados entre eles dentro da família.

Em Dourados o Simted promete estar atento à questão e tem esperanças de que o Município, através de seu representante maior, o prefeito Ari Artuzi coloque a lei em prática já nos próximos meses, seguindo assim, uma tendência nacional.

As mães que tiverem filhos no período em que a prefeitura não tiver aprovado a lei, devem procurar o jurídico do Simted para entrar com um mandado de segurança.

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto