Menu
SADER_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Servidores públicos travestis poderão usar nome social em crachás

19 Mai 2010 - 09h10Por Agência Brasil

Os servidores públicos federais travestis ou transexuais poderão usar o nome social (como preferem ser chamados) em cadastros dos órgãos em que trabalham e até nos crachás de identificação.

A substituição do nome oficial será autorizada para o cadastro de dados e informações pessoais de uso social, nas comunicações internas, no endereço de e-mail do servidor, na lista de ramais do órgão e nos crachás. A regra está prevista em portaria do Ministério do Planejamento publicada hoje (19) no Diário Oficial União.

No caso dos crachás, o nome social aparecerá na frente, mas o nome civil deve constar no verso da identificação. De acordo com a portaria, os órgãos terão 90 dias para se adaptar à nova regra.

Na última semana, o Ministério das Relações Exteriores passou a conceder passaportes diplomáticos ou oficiais para companheiros de servidores homossexuais que trabalham nas representações do Brasil no exterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio