Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Servidores federais não devem aderir a paralisação no Estado

18 Set 2006 - 10h00

Os cerca de 1,8 mil servidores federais que atuam na Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) Delegacia Regional do Trabalho e Previdência Social, em Mato Grosso do Sul, não devem aderir a paralisação nos dias 20 e 21, que está programada para ocorrem em nível nacional.

Segundo o diretor do Sindisprev (Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Saúde, Trabalho e Previdência de Mato Grosso do Sul), Élio de Araújo de Oliveira, a maioria dos servidores optou por não aderir ao movimento e devem aguardar uma posição do movimento no âmbito nacional para definir os rumos da categoria.

Eles reivindicam reajuste salarial e planos de cargos e carreiras para os servidores. Por enquanto, os servidores que atuam na Previdência Social continuam trabalhando normalmente e agendando as perícias que já estavam marcadas e tiveram de ser alteradas em decorrência da greve.

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amar a Deus
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ame o Senhor, seu Deus
BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'