Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 1 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Servidores administrativos da PF podem fazer nova paralisão

2 Mai 2007 - 16h48

Servidores do setor administrativo da Polícia Federal aguardam para o final da tarde de hoje (02) decisão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para pedido de antecipação da audiência marcada para o dia 17 desse mês. Caso a antecipação não ocorra, uma paralisação geral está marcada para os dias 7 e 8 de maio em todo país, de acordo com a presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpec-PF), Hélia Cassemiro.

O protesto é pela reestruturação do Plano Especial de Cargos (PEC). De acordo com o sindicato, entre os problemas enfrentados pela categoria está o aumento da terceirização e o desvio de função.

"Nós gostaríamos de antecipar a data do dia 17 pela urgência em discutir a organização da atividade meio da Polícia Federal. Enquanto isso não acontece, a terceirização se alastra, há desvio de função e o policial passa a fazer a nossa função administrativa e isso culmina num gasto muito maior para a União”, explica a presidente do Sinpec.

Hélia Cassemiro acredita que com a organização da atividade meio e com a reestruturação o governo irá economizar, “repercutindo” no contribuinte um serviço mais ágil. Hoje, são 3,5 mil servidores exercendo atividades administrativas e mais de 2 mil terceirizados. Segundo a sindicalista, o último concurso ocorreu em 2004 e apenas 1.832 servidores foram aprovados, não cobrindo o número de funcionários terceirizados, principalmente nos estados.

“Pedimos ao governo que agilize o reinício dos trabalhos, porque desde 2005 nós estamos pedindo essa reestruturação. O plano foi criado sem cargos próprios, sem tabela de vencimentos própria e desses 1.832 concursados mais de 500 servidores já foram para outros órgãos com carreira organizada e estruturada.”

 

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados
EPICENTRO DA COVID-19
Brasil aproxima de 30 mil mortes pela Covid-19
MEMORIAL
Os brasileiros que perderam a vida na Pandemia do Coronavírus
BRASIL - 28.872 MORTES COVID-19
Brasil confirma 500 mil casos de Covid-19 menos de 100 dias do 1º anuncio
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Mães menores de idade podem pedir auxílio emergencial, veja como
BONITO - MS - RESERVAS ANTECIPADAS
Em Bonito (MS), mergulho com cilindro no Rio Formoso, reserva antecipada até 50% de desconto, VEJA
600TÃO NA CONTA
Aniversariantes de janeiro podem transferir e sacar 2ª parcela dos R$ 600 neste sábado