Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Serviço recebe 73 denúncias de abuso contra criança por dia

7 Jul 2010 - 05h59Por Terra

A cada dia, 73 casos de violência contra crianças e adolescentes são registrados pelo Disque 100, serviço da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. De janeiro a junho deste ano, o órgão contabilizou 13 mil denúncias. O dado foi divulgado nesta terça (06) e corresponde ao balanço das ocorrências relatadas por telefone ou e-mail.

A média diária dos primeiros seis meses de 2010 se aproxima da registrada ao longo de 2009, quando foram notificadas em torno de 82 denúncias/dia. A Secretaria de Direitos Humanos destaca que uma única denúncia pode conter mais de um tipo de violência e mais de uma vítima. Em todo o ano de 2009, o número de casos relatados chegou a 29.756.

Para o registro, são considerados três tipos de violência: negligência; violência física e psicológica e violência sexual. Esta última é o tipo mais frequente e corresponde a 36% de todas as denúncias. Ataques físicos e psicológicos respondem por 35% dos registros e negligência (que inclui abandono ou maus cuidados), 29%.

Entre os tipos de violência sexual relatados ao Disque 100, o mais recorrente é o abuso sexual (65,12%), seguido de exploração sexual (33,90%), pornografia (0,62%) e tráfico de crianças e adolescentes (0,35%). Nesses casos, as meninas são predominantemente o alvo. Elas correspondem a 80% das vítimas de exploração e pornografia, 77% das que sofrem com tráfico de crianças e adolescentes e 79% das atingidas pelo abuso sexual.

A região Nordeste foi a que mais ofereceu denúncias ao serviço, registrando mais de 5 mil casos. Ela é seguida pelas regiões Sudeste (4.288), Sul (1.554), Centro-Oeste (1.152) e, por último, pela região Norte (1.139). Essa ordem se mantém se considerada a média de denúncias verificada entre 2003 e 2009, com a diferença de que a região Centro-Oeste, anteriormente, estava atrás da região Norte.

O Disque 100 é um serviço que recebe, encaminha e monitora denúncias de violência contra crianças e adolescentes vindas de todos os estados brasileiros. Os relatos podem ser feitos por meio de ligação gratuita para o número 100, e do exterior, através do número telefônico pago 55 61 3212.8400. A partir de 2008, além das ligações, o serviço passou a dispor do endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br e receber retorno das denúncias por meio de uma área de monitoramento - monitoramento100@sedh.gov.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral