Menu
SADER_FULL
quinta, 4 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Senar/ES vem conhecer projeto referência do MS

18 Fev 2011 - 05h11Por Assessoria

O aumento de 92,2% na renda dos produtores rurais e a elevação de 15% no número de postos de trabalho soma resultados alcançados pelo Projeto de Apoio à Produção Sustentável no Território da Reforma que chamaram a atenção de lideranças rurais de outros estados. Por este motivo, nesta sexta-feira (18), uma equipe composta por gestores técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar/ES) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MS), vem à Campo Grande/MS para conhecer a iniciativa desenvolvida pelo Senar/MS.

 

O grupo será recebido pelo superintendente do Senar/MS, Clodoaldo Martins, que irá apresentar aos visitantes os casos de sucesso do Projeto. Para ele, o salto na economia local por meio da agricultura familiar foi um dos principais resultados da iniciativa que fizeram os capixabas buscar aqui um modelo para a implantação no Espírito Santo. “A inserção de 20% dos pequenos negócios rurais em redes de comercialização locais e 10% em redes estaduais foram metas atingidas pelo Projeto que o evidenciam como um modelo a ser seguido por outros estados” enfatiza Clodoaldo.

 

O trabalho, desenvolvido pelo Senar/MS em parceria com o Sebrae/MS, foi realizado através de agentes de desenvolvimento rural que visitaram as propriedades, cadastraram os produtores e levaram informações técnicas.  A iniciativa foi responsável por criar canais de comercialização e capacitar trabalhadores rurais, atuando principalmente na melhora da auto-estima do agricultor familiar.

 

Em Mato Grosso do Sul, o Território da Reforma beneficiou cerca de 200 produtores dos municípios de Anastácio, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Maracaju, Nioaque, Sidrolândia e Terenos.

 

Na sexta-feira, está programado também um roteiro de visitação às propriedades rurais situadas nos municípios de Terenos, Anastácio e Dois Irmãos do Buriti, onde os capixabas conhecerão de perto casos de sucesso do Projeto, dentre eles a famosa combinação da pimenta com mel, do produtor Niocanor Ramos, a produção irrigada de banana do agricultor de Terenos, Eduardo Cabral, e o trabalho artesanal desenvolvido por um grupo de mulheres que encontrou na fibra da bananeira uma forma rentável de trazer o sustento para as suas famílias.

 

 

Sobre o Território da Reforma

 

O Projeto de Apoio à Produção Sustentável no Território da Reforma tem o objetivo de desenvolver os pequenos negócios rurais, fortalecendo a organização, diversificação e sustentabilidade do agronegócio. Tem como metas aumentar a venda de produtos da agricultura familiar no mercado local, gerar novos postos de trabalho, aumentar a renda dos produtores rurais e diversificar as matrizes econômicas. O Território da Reforma é uma iniciativa da Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
BOA NOTICIA
Governo zera PIS e Cofins do diesel e do gás de cozinha
RIGOR DA LEI
Cidade vai multar em até R$ 60 mil quem descumprir decreto de combate ao Covid-19