Menu
SADER_FULL
domingo, 5 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Senadores de MS lamentam morte de prefeito de Naviraí

24 Ago 2004 - 17h21
Os senadores sul-mato-grossenses Delcídio do Amaral (PT), Ramez Tebet (PMDB) e Juvêncio da Fonseca (PDT) lamentaram nesta tarde a morte do prefeito de Naviraí, Euclides Fabris. Ele faleceu no final da manhã no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internado desde a semana passada para tratamento contra o câncer.
Delcídio disse que Estado perdeu um de seus maiores líderes empresariais e políticos. “Toda vez que eu visitava Naviraí e quando o Euclides vinha a Campo Grande ou Brasília, conversávamos muito sobre política e as ações que julgávamos fundamentais para promover o crescimento de Mato Grosso do Sul e do Brasil. Sempre o considerei como um irmão mais velho, com quem a gente se aconselha no momento de tomar uma decisão importante. A experiência que ele tinha como empresário e administrador público é fantástica e ajudou a transformar Naviraí em um dos maiores pólos de desenvolvimento do estado”, afirmou o senador petista.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TERMPESTADE
Região sul deve ser atingida por outro fenômeno menos devastador que o Ciclone Bomba
LIVE
Mulher de Fábio Porchat aparece pelada em live com Guilherme Boulos
VITIMA DA COVID 19
Antes de morrer de covid-19, jovem manda áudio: ‘Vão desligar os aparelhos’
BRASIL - 64.265 MORTES
Brasil tem 1.577.004 casos de covid-19 diagnosticados
ELEIÇÃO MUNICIPAL 2020
Campanha eleitoral de 2020 deve ser proibido comícios e aglomerações
MORTES POR COVI-19
Mãe e filha morrem vítimas da Covid-19 em intervalo de três dias
PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
BORA PRA BONITO - MS - REABERTO
Hotel Águas de Bonito reabre com segurança e estrutura proporcionada para o aconchego em Bonito (MS)
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus