Menu
SADER_FULL
domingo, 7 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Senado aprova projetos que ampliam frequência escolar

4 Mai 2011 - 06h38Por Folha Online

A Comissão de Educação do Senado aprovou nesta terça-feira o projeto do ex-senador Wilson Mattos (PSDB-PR) que aumenta de 800 para 960 horas-aula o tempo mínimo de ensino nos níveis fundamental e médio das escolas públicas de todo o país.

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) destacou que quanto mais tempo as crianças e jovens passarem na escola, melhor. Ele disse ainda que o Brasil está atrasado na adoção do ensino de tempo integral, em que os estudantes passam o dia inteiro em atividades escolares.

"Já deveríamos ter feito isso 50 anos atrás. Ao criar a demanda, a gente vai atrás dos recursos. Nós temos que fazer isto. Estas crianças não vão esperar só crescer daqui a alguns anos. Elas crescem todo dia", disse.

Na prática, a proposta aumenta em 40 minutos por dia o tempo mínimo de aula nas escolas públicas de todo o país, levando-se em conta o turno mínimo de 4 horas.

A comissão também aprovou em turno suplementar o projeto de Inácio Arruda (PC do B-CE), que aumenta a frequência mínima do aluno em sala de aula para passar de ano, de 75 para 80% das aulas. Os dois projetos seguem diretamente para a Câmara dos Deputados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento