Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 12 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seminário vai discutir saúde da população negra

17 Ago 2004 - 10h47
O 1º Seminário Nacional de Saúde da População Negra, que começa amanhã (18), "representa um excelente avanço em termos de igualdade racial", afirmou hoje a chefe de gabinete da Secretaria de Promoção da Igualdade Social, Maria Inês Barbosa, ao jornal MBR Manhã, da TV a cabo da Radiobrás. O evento, segundo ela, é histórico e reunirá gestores municipais e estaduais do Sistema Único de Saúde de todo o Brasil, pesquisadores e representantes de entidades da sociedade civil.

O seminário, disse Maria Inês, representa um avanço "porque se reconhece que vivemos num país racista". Ela afirmou que a própria criação da Secretaria demonstra isso. "O Estado reconhece que vivemos em um país racista. E o racismo ele também impactua de forma negativa na saúde da população. Então o histórico é reconhecer que, apesar dos avanços na saúde, com o Sistema Único, você reconhece que existe singularidade da população negra pautada pelo racismo”, disse.

Maria Inês informou que, atualmente, a população negra representa 50% da população brasileira e que o perfil da saúde da população negra é a precocidade dos óbitos. “Nós temos um maior índice de mortalidade infantil, um risco maior de mortalidade materna, uma prematuridade dos óbitos do homem negro por exemplo, matado pela violência,” afirmou.

O seminário, segundo ela, é uma etapa de um processo que se iniciou na 12ª Conferência Nacional de Saúde, realizada no final do ano passado, que também se constituiu com um marco, "porque a população negra, o movimento negro, organizado dentro da conferência, conseguiu colocar algumas questões relativas à saúde da população negra. Nesse processo houve a elaboração do Plano Nacional de Saúde, onde o governo reconhece que existe uma diferença relativa à saúde da população negra", acentuou.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAIS UM
Vírus com potencial pandêmico é detectado pela Fiocruz no Paraná
VÍTIMAS DE COVID-19
Mãe de médico morre horas após o filho e dois dias após o pai, vítimas da covid
VÍTIMA DE COVID-19
Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro
CD TRIBUTO AO PADRE ZEZINHO
No ano em Padre Zezinho faz 79 anos, Manoel Caires lança seu primeiro CD 'Tributo ao Padre Zezinho'
PAGAMENTO DO AUXILIO
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Governo vai liberar mais 1,5 milhão de auxílios. Saiba como reclamar se o seu for negado
NÚMEROS DA ÚLTIMAS 24H
Os números da covid-19 no Brasil, atualizados diariamente
RECUPERAÇÃO
Dinho Ouro Preto revela sequelas após covid-19, ele já teve gripe suína e dengue
SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%