Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 4 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
Brasil

SEMEC discute melhorias para o Proinfantil em Glória de Dourados

4 Dez 2009 - 17h15Por Demerval Nogueira / Fátima News

A secretaria municipal de Educação e Cultura (Semec) via Escola Municipal Marinha do Brasil, tem trocado idéias e discutindo aspectos relacionados ao Programa de Formação Inicial para professores em Exercício na Educação Infantil (Proinfantil), com direção da professora e tutora Lucimar Nóbrega. A tutora relata, “neste ano letivo foram feitos vários grupos de estudos entre os participantes do Proinfantil, para trocar experiências e chegaram à conclusão que houve um bom aproveitamento, resultando em uma boa prática pedagógica”, constata Nóbrega adiantando ainda, “ao todo são 14 participantes que, durante as discussões chegou-se a um denominador comum, ou seja, uma maior qualidade no ensino da educação infantil”.

 

 

O Proinfantil é um curso em nível médio, à distância, na modalidade ‘Normal’ e destina-se aos professores da educação infantil em exercício nos Centros de Educação Infantil (CEI) e pré-escolas das redes públicas, municipais e estaduais, também na rede privada, sem fins lucrativos – comunitários e filantrópicos ou confessionais, conveniadas ou não.

 

 

O Proinfantil tem como objetivos, a valorizar o magistério; oferecer condições de crescimento profissional e pessoal ao professor; contribuir para a qualidade social da educação das crianças de zero a seis anos; elevar o nível de conhecimento e da prática pedagógica dos docentes; e, auxiliar, estados e municípios a cumprirem a legislação vigente habilitando em Magistério para Educação Infantil os professores no exercício da profissão. A secretária da Semec, professora Marcilene Nunes de Souza Martinez explica que, “o Proinfantil é praticamente uma preparação/adaptação, ou seja, o professor que é formado em outro curso e, que não está habilitado para o magistério passa por esta reciclagem, habilitando-se a ministrar aulas às crianças de zero a seis anos”, destaca Martinez dimensionando ainda, “a duração do curso é de dois anos, com uma carga horária de 3.200 horas, que são distribuídas em quatro módulos semestrais de 800 horas cada”.

 

 

O curso é um projeto incentivado e assessorado pela secretaria municipal de Educação e Cultura, com o objetivo de desenvolver metodologias e estratégias de intervenção pedagógica adequadas às crianças, na perspectiva da indissociabilidade entre educar e cuidar.

 

 

 

Leia Também

ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio