Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
domingo, 18 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Sem-terra ameaçam invadir a sede da fazenda de Moon

6 Ago 2004 - 10h56
Trezentas famílias de trabalhadores rurais sem-terra, que ocupam há um ano parte da fazenda Aruanã, de propriedade do Reverendo Moon, em Jardim, ameaçam agora invadir a sede da propriedade. Segundo a advogada da Associação das Famílias pela Paz Mundial, Sandra Mazucato, os funcionários da propriedade têm deixado a área, com medo da ameaças dos sem-terra. A advogada afirmou que já fez denúncia à Polícia Civil de Bonito. Segundo ela, os sem-terra estariam até matando o gado da propriedade.

Sandra Mazucato alertou que a situação é tensa no local e os funcionários, que ainda permanecem na fazenda, ameaçam reagir. Por isso, já foi chamado reforço da polícia para fazer a segurança do local.

A área foi ocupada em maio do ano passado, mas a ordem de reintegração de posse foi emitida pela Justiça em julho, mas, conforme a advogada, ainda não foi cumprida pelo governo do Estado.
A fazenda Aruanã possui 2.109,9 hectares.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições