Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Sem o dinheiro da MSI, Corinthians acerta com Lúcio

23 Nov 2006 - 08h21

Sem o dinheiro da MSI para reforços, o perfil das contratações corintianas mudará. Nada de jovens com poder de valorização. Ao contrário: os dois primeiros reforços do Corinthians para 2007 somarão juntos 68 anos quando se apresentarem no Parque São Jorge.

Depois de encaminhar o acerto com o goleiro Sérgio, 36 anos, do Palmeiras, a diretoria fecha com Lúcio, do Fortaleza. O 'Rei do Nordeste', como vem sendo chamado pelos conselheiros corintianos, completa 32 anos em janeiro e confirmou a transação, ontem no Ceará:

'Já conversei duas vezes com representantes do Corinthians. Eles já sabem dos meus salários e até quanto vai custar minha liberação do Fortaleza. Tenho mais um ano de contrato. Mas está tudo adiantado; vai dar negócio', disse o meia ao JT. Seu nome é Lucenilde Pereira de Souza e está satisfeitíssimo com o interesse do time de Leão, seu treinador no Santos em 98 e 99.

'O que me deixou mais animado foi a minha conversa com o próprio Leão na semana passada. Ele me disse como será a equipe do Corinthians em 2007. Fiquei satisfeito. Quero fazer parte desse time.'

Lúcio ficou mais entusiasmado ao saber que o seu empresário, Vando de Mello, conseguiu a redução da liberação não só dele como de Rinaldo. Vando convenceu o presidente do Fortaleza, Ribamar Bezerra, a aceitar um 'pacote' R$ 500 mil pela liberação de Lúcio e Rinaldo por este valor.

A multa pela liberação de Lúcio era R$ 1,5 milhão por dois anos de contrato. Como restaria apenas um, ela caiu para R$ 750 mil. Mas acontece que o Fortaleza, que foi rebaixado para a Série B do Brasileiro, vive gravíssima crise econômica. Lúcio recebe R$ 52 mil mensais. Já está certo que em 2007 o teto do clube será de R$ 15 mil.

Uma idéia mais nítida do estado de penúria do Fortaleza é a campanha que a diretoria está fazendo para arrecadar fundos para a construção do Centro de Treinamento. Pede doações pelo Ceará inteiro. O dinheiro é cobrado nas contas de luz dos torcedores.

O presidente Bezerra terá o seu mandato terminado no final do ano; ele próprio quer fazer a reformulação do elenco - inclusive com a dispensa dos jogadores mais caros como Lúcio.

Depois de acertar com Sérgio e com Lúcio, a intenção da diretoria corintiana é convencer os dirigentes do Bragantino a repassarem o atacante Marcos Aurélio. O irônico é que ele já treinou por oito meses nos juniores do próprio Corinthians e não foi contratado por briga entre empresários.

Sobre a MSI, os representantes do fundo de investimento adiantaram que o presidente Alberto Dualib está muito enganado se sonha em ter R$ 20 milhões para reforçar a equipe no próximo ano.

A ordem de Kia Joorabchian é pagar apenas o que consta no contrato de parceria. Como o fundo já pagou as dívidas que a administração Dualib acumulou em 2005, que ultrapassavam R$ 80 milhões, agora, por contrato, a MSI tem de pagar a folha de pagamento. E só.

E Kia novamente deixou claro que Renato Duprat não tem autoridade para falar em nome da MSI. Duprat não é investidor. Foi apenas o homem que serviu de elo de ligação entre Kia e Dualib para a consolidação da parceria.

Os dirigentes corintianos rezam por um novo representante da MSI para pedir dinheiro e comprar novos jogadores.

 

Estadão

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro