Menu
SADER_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Sem Anel Viário, carretas ainda invadem o centro de Dourados

22 Fev 2011 - 09h21

 

Apesar das mudanças previstas pela prefeitura, no trânsito de Dourados, o trafego de caminhões pesados ainda persiste na área central. A reportagem do Diário MS flagrou na sexta-feira, pela manhã, uma carreta que trafegava pela Avenida Marcelino Pires, enquanto contornava em frente à guarita da Policia Militar, na rua Nelson de Araújo.


Sem outra alternativa, senão a conclusão do Anel Viário, a população aguarda pela obra, considerada mais importante para a segunda maior cidade do Estado, que contribuirá para a melhoria na logística comercial, além da segurança no comércio douradense.

Em novembro de 2010 a secretária municipal de Planejamento, Ana Luíza Lacerda, durante sessão na Câmara de Dourados, apresentou aos vereadores o sistema viário da cidade, previsto no Plano Diretor. Ao todo são pelo menos 25 quilômetros de rodovia, que tem como objetivo principal desviar o trânsito pesado de veículos pela região norte da cidade, eliminando assim o trafego na área central.

Já no inicio do mês de janeiro deste ano, a secretária explanou, durante reunião com o secretariado, juntamente com a prefeita, o projeto de readequação do trânsito, com vias alternativas de acesso às rodovias, além de duplicação de algumas ruas, como forma de desafogar o trânsito de veículos, principalmente na área central.


MUDANÇAS


Ainda na sexta-feira, a prefeita Delia Razuk apresentou durante reunião com o deputado federal Geraldo Resende (PMDB), o estudo elaborado pela Seplan (Secretaria Municipal de Planejamento), que prevê 14 intervenções em pontos estratégicos do perímetro urbano. O projeto está orçado em 60 milhões.

Entre as mudanças no sistema viário previstas no estudo da Seplan está a duplicação da Rua General Osório para garantir mais um acesso da Marcelino Pires à BR-463, que liga Dourados a Ponta Porã. Também estão previstas intervenções na Rua Ponta Porã, garantindo a ligação entre a região do futuro Centro de Convenções, na saída para o aeroporto, ao Jardim Canaã I, de um lado a outro da cidade. Outra medida é a construção da Avenida das Torres, ligando o Monumento ao Colono à Perimetral Norte, passando pelos bairros Santa Maria e Aidê. Está prevista no estudo a construção de uma grande rotatória no Jardim Clímax, para distribuir o trânsito para vários pontos da região oeste, e de outra nas proximidades dos cemitérios Santo Antonio de Pádua e Bom Jesus.

O trabalho da Seplan prevê ainda a abertura da Avenida Weimar Gonçalves Torres com a desapropriação de áreas particulares, a duplicação da Joaquim Teixeira Alves nas proximidades do Shopping Avenida Center e a ligação da Vila Cachoeirinha à Rua Coronel Ponciano através das ruas Vilson Gabiatti e Manoel Rasselen.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas
BRASIL - 248.529 MORTES
Covid-19: Brasil registrou 62.715 infectados em 24 horas
SONAMBULA
Fisioterapeuta cai de janela de hotel após crise de sonambulismo