Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seleção brasileira chega à África do Sul e dribla a imprensa

27 Mai 2010 - 08h52Por Folha Online

A delegação da seleção brasileira, que desembarcou por volta das 2h (horário de Brasília) desta quinta-feira em Johannesburgo, na África do Sul, evitou o contato com os jornalistas e fotógrafos e saiu do aeroporto da cidade pelo terminal de carga.

Os atletas entraram em um ônibus ainda dentro do aeroporto e saíram rumo ao hotel onde ficarão hospedados. O técnico Dunga, o seu auxiliar Jorginho e Andres Sanchez, chefe da delegação, sentaram nas primeiras fileiras do veículo.

A Fifa havia divulgado que as seleções utilizariam ônibus personalizados com cores das equipes e com determinadas mensagens (no caso do Brasil, teria a frase: "Lotado! O Brasil inteiro está aqui dentro), mas não foi esse o veículo utilizados na chegada dos brasileiros.

No aeroporto, não houve movimentação acintosa de torcedores e nem de seguranças por causa da chegada do badalado time brasileiro.

Está programada uma entrevista coletiva com o técnico Dunga às 8 horas (de Brasília), no hotel Fairways, em Johannesburgo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio