Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 7 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seguridade deve definir amanhã recursos para a saúde

9 Ago 2004 - 17h54
A Comissão de Seguridade Social e Família deve votar amanhã o Projeto de Lei Complementar (PLP) 01/03, do deputado Roberto Gouveia (PT-SP), que regulamenta o parágrafo 3º do artigo 198 da Constituição Federal para definir o montante dos recursos destinados à Saúde pela União, estados, Distrito Federal e municípios. Além disso, o projeto estabelece critérios de rateio e normas para a fiscalização e o controle desses recursos.
Os estados e o Distrito Federal deverão aplicar em saúde 12% da receita obtida com o ICMS, o IPVA e o imposto sobre doações ou transmissão de bens "causa mortis" (impostos estaduais) e também dos repasses da União relativos à arrecadação do Imposto de Renda, deduzidas as transferências aos municípios.
Já os municípios e o Distrito Federal deverão aplicar na saúde 15% do produto da arrecadação do IPTU e de outros impostos municipais, e também dos repasses da União relativos à arrecadação do Imposto de Renda.
O projeto veda a inclusão de gastos com pagamento de amortizações, juros, encargos da dívida pública e previdenciários, por não serem despesas com ações e serviços de saúde.

Rateio
Quanto ao rateio dos recursos provenientes dos estados, o PLP prevê a destinação de 70% aos municípios, dos quais 15% com base no critério populacional e o restante, de acordo com análise técnica de programas e projetos combinada com os seguintes critérios: perfil demográfico e epidemiológico, características quantitativas e qualitativas da rede de saúde, desempenho técnico e financeiro do exercício anterior, níveis de participação do setor saúde nos orçamentos estaduais e municipais, previsão do plano qüinqüenal de investimentos da rede e ressarcimento a outras esferas de governo por serviços prestados.
Os 30% restantes serão aplicados nos estados segundo os mesmos critérios acima especificados.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem
ENTREVISTA NO SBT
Roberto Cabrini traz entrevista exclusiva com Frederick Wassef nesta segunda
100 AULAS
Ensino Público vive "apagão" na pandemia com alunos sem acesso às aulas on-line
BRASIL - 64.909 MORTES
País soma 1.604.683 casos confirmados de Covid-19 e 64.909 mortes pela doença.
VACINA CONTRA COVID-19
Dose da vacina contra a Covid-19 poderá custar R$ 22