Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Seca impede controle de ervas daninhas em Dourados

20 Set 2004 - 15h10
Com a seca que já chega a dois meses na região de Dourados (MS), os agricultores não estão conseguindo fazer a eliminação das ervas daninhas que tomam conta das áreas de plantio direto onde será plantada a próxima safra de soja. Os herbicidas estão comprados e à espera de serem pulverizados nos campos.

A dessecação deve ser feita depois de chover forte para que a matéria orgânica se decomponha e fique incorporada ao solo, processo que demora em torno de 15 a 20 dias. “Depois é preciso outra chuva para fazer o plantio a partir de dez de outubro”, explicaram os técnicos. Se o tempo não mudar para melhor, os agricultores vão dessecar assim mesmo e fazer a semeadura da soja no pó, arriscando parte da safra.
 
 
 
Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV