Menu
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
domingo, 5 de dezembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

SC contabilizou mais de 600 mortes devido a fenômenos climáticos

7 Out 2009 - 08h48Por Uol

Em 2009, foram nove mortes: três delas ocorridas entre os dias 27 e 28 de setembro nos municípios de Mafra, Augusto Vitória e Blumenau. As outras cinco ocorreram nos dias 8 e 9 de setembro - quatro em Guaraciaba, município no oeste do Estado que, na época, foi atingido por tornados; e uma em Araranguá, no litoral sul, durante uma tempestade.

Nos últimos dias, mais de 11 mil pessoas tiveram que sair de casa em Santa Catarina - 9.093 desalojados (acolhidos em casas de amigos e parentes) e 2.370 desabrigados (conduzidos a abrigos públicos) em 98 municípios. Aproximadamente 104 mil pessoas sofreram algum tipo de prejuízo no Estado, entre elas 17 ficaram feridas. O número de cidades em situação de emergência atualmente está em 70.

Quase um ano após o desastre, Herrmann avalia que o governo começou a priorizar o tema e a tratar a questão com mais atenção, mas que ainda "falta muito o que fazer". "O que aconteceu foi uma catástrofe. Era necessário reverter um pouco esse quadro e, por esta razão, algumas respostas apareceram. Mas o problema não está totalmente sanado."

"O gasto nessa área foi muito grande. Hoje já existe uma atuação constante em monitorar os fenômenos, orientar e prevenir a população. Os projetos estão aparecendo, inclusive mapeamentos dos locais de risco estão sendo feitos por universidades", afirma Herrmann.

Mais desastres
A maior enchente da história de Santa Catarina ocorreu em março de 1974, quando o nível do rio Tubarão, no sul do Estado, subiu mais de 10 metros e inundou o município de mesmo nome. Na época, 199 pessoas morreram e 65 mil ficaram desabrigadas.

Em julho de 1983, foi a vez do rio Itajaí-Açu subir mais de 15 metros, inundando 90 cidades, entre elas Blumenau, Itajaí e Rio do Sul. Ao todo, foram 49 mortes e 198 mil desabrigados.

No ano seguinte, uma nova tragédia, no mesmo cenário: o Itajaí-Açu sofreu uma cheia anormal e inundou várias cidades do vale do Itajaí. Em média, 40% das populações de Blumenau, Brusque, Gaspar e São João Baptista ficou desabrigada (70 mil) ou desalojada (155 mil).

O fenômeno meteorológico El Niño provocou, em fevereiro de 1987, enchentes em 15 municípios catarinenses, deixando dois mortos e 2.775 desabrigados. Em maio do mesmo ano, o fenômeno voltou a atuar, agora nas regiões serrana, norte e oeste, deixando cinco mortos e 3.356 desabrigados.

Em dezembro de 1995, foi a vez da Grande Florianópolis e do litoral sul do Estado sofrer com inundações e deslizamentos de terra. Ao todo, 27 municípios decretaram situação de emergência. O saldo: 40 mortes e 28.625 desabrigados. Araranguá, Forquilinha e Jacinto Machado foram as cidades mais atingidas.

Dois anos depois, o El Niño voltou a provocar estragos na região e causou inundações de grandes proporções nos meses de janeiro e outubro. Em janeiro, 35 municípios foram afetados, 14.267 pessoas ficaram desabrigadas e sete mortes foram registradas. Já em outubro, as cheias inundaram 37 cidades, deixando 8.777 desabrigados e dois mortos.

Em março de 2004, o ciclone tropical Catarina atingiu o litoral e o sul de Santa Catarina, além do nordeste do Rio Grande do Sul com ventos de até 150 km/h. Ao menos 40 municípios foram atingidos, 28 mil casas danificadas e 95 destruídas. Duas pessoas morreram, mais de 300 ficaram feridas e 23 mil foram desabrigadas ou desalojadas.

As demais mortes foram registradas em eventos isolados ao longo dos últimos 35 anos.

Leia Também

covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos