Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Saúde e Escola de Vicentina se unem contra as DSTs

3 Ago 2006 - 14h55

A Secretaria Municipal de Saúde – SMS de Vicentina, reconhecendo a importância e a necessidade urgente de articular políticas de promoção da saúde e ampliar a eficácia das ações de prevenção de DST/AIDS e uso indevido de drogas entre crianças, adolescentes e jovens, e a prevenção da gravidez na adolescência realizou durante o mês de julho em parceria com as professoras da Escola Estadual Pe José Daniel, Cidinha Vaine e Maria Socorro.

Ficaram a frente das palestras a Enfermeira Marjorie Éster Dias e o Dr. Victor Hugo Marangão, incorporando conteúdos relativos à prevenção de DSTs/AIDS e uso de drogas. Essas ações cooperativas têm se refletido na capacitação continuada da sociedade, possibilitando uma cobertura cada vez mais ampla sobre o assunto,
nas escolas do Ensino Fundamental e Médio da rede pública. São exemplos concretos, nesse sentido, que podem ser observados, pela população brasileira. O público alvo são crianças e adolescentes entre 10 e 19 anos de idade.

Dados do Ministério da Saúde comprovam que mais de 70% dos casos de AIDS correspondem a indivíduos variando entre os 20 e 39 anos, sendo que uma parcela considerável desses pacientes contraiu o vírus na adolescência. Fenômenos sociais como a gravidez precoce e não planejada, o aumento da ocorrência de doenças sexualmente transmissíveis e a intensificação do consumo de drogas lícitas (álcool, cigarro e tranqüilizantes) e ilícitas (maconha, cocaína e crack) - fato esse agravado pelo uso de drogas injetáveis mediante o compartilhamento de agulhas e seringas - ajundam-nos a entender melhor porque os jovens brasileiros são, em cada vez maior número, vulneráveis à infecção pelo HIV/AIDS.

A escola constitui instância privilegiada das iniciativas referentes à promoção da saúde e à prevenção das DSTs/AIDS e do uso indevido de drogas.

Seguindo a premissa de descentralização, o Programa Nacional de DSTs e AIDS vem realizando esforços para que os estados e municípios possam assumir, preservando a qualidade dos serviços, as ações destinadas à prevenção das DSTs/AIDS e uso de drogas.

Neste sentido, estão sendo desenvolvidos projetos de fomento em parceria com as Secretarias Estaduais de Educação e Saúde nos 27 Estados da Federação, voltados para a formação de professores e alunos como agentes multiplicadores. Em todos esses projetos há a participação das equipes técnicas das Secretarias Estaduais de Educação e Secretarias Estaduais de Saúde, além de diversos outros parceiros que já vêm contribuindo com o trabalho de prevenção nas escolas.

“É muito importante essa parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e Escolas, sejam elas da Rede Estadual ou Municipal de Ensino. Isso é muito enriquecedor para o desenvolvimento de projeto que vem de encontro com a prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis e a Gravidez na Adolescência. Estamos muito satisfeitos com o desenvolvimento desses projetos nas escolas.” Diz Josiane de Oliveira – Secretária Municipal de Saúde.

 

Fátima News

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Ame o Senhor, seu Deus
BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)