Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 12 de junho de 2021
Busca
Brasil

Saúde de Jateí tem ação contra dengue e caramujos

29 Jan 2010 - 14h10Por Valéria Batista / Fátima News

Na administração de Arilson Targino (PSDB), em reunião o Secretario de Saúde Geberson Alves sua equipe de Endemias e Vetores e Vigilância Sanitária irão trabalhar com uma ação para mobilizar a população de Jateí contra a dengue e os caramujos africanos.
A ação que terá parceria com a Secretaria Infraestrutura acontecerá a partir da semana que vem, onde os moradores de Jateí deverão desde hoje (29) retirar todos os entulhos dos respectivos quintais, colocando em frente às residências para que seja recolhido pela equipe da Infraesturura. Já os terrenos baldios os profissionais responsáveis da prefeitura irão realizar fazendo a limpeza necessária para a eliminação total dos caramujos e o mosquito transmissor da dengue, o aedes aegypti.
O Secretario de Saúde Geberson Alves pede a colaboração da população, para que se conscientizem na limpeza de seus quintais, pois esta é uma ação que irá beneficiar a todos. “É importante colaboração dos moradores, na qual fortalece a perspectiva índice zero de dengue e a eliminação dos caramujos que muitos são encontrados, devido às fortes chuvas recentemente” diz Alves que ressalta “Não apenas durante esta mobilização, mas é viável que a população mantém sempre limpo o local onde moram assim garantindo um ambiente mais saudável”
Para a eliminação dos caramujos que causa esquistossomose, doença mais conhecida como barriga d’água”  o responsável pela Vigilância Sanitária do município garante que os quintais deverão estarem limpos, mas alertar as pessoas que se encontrarem os caramujos em seus quintais comunicar a vigilância sanitária para o cadastramento, assim coletar com as mãos protegidas com luvas, ou saco plásticos, colocando-os em latas vazias com água sanitária, ou queima-los em buracos com cal virgem, para a não contaminação do solo.

Clodoaldo Teixeira responsável pelo setor de Endemias e Vetores de Jateí ainda reforça o envolvimento dos moradores no combate ao vetor transmissor da Aedes Aegypti, podendo ser através dos cuidados básicos com ações simples que dificultam a criação do mosquito. Os depósitos mais propícios para a proliferação do mosquito são as garrafas, latas, sacolas e lonas plásticas, vasos de plantas, tambores, tanques, pneus, materiais de construção, sendo que tais objetos são encontrados nos quintais e residências.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta