Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 28 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Saúde da Família tem boa avaliação, mas atendimento em postos e emergências deix

10 Fev 2011 - 07h42Por Agência Brasil

Pesquisa divulgada ontem (9) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que o trabalho das equipes do Saúde da Família é o serviço mais bem avaliado dentro do Sistema Único de Saúde (SUS).

Já o atendimento prestado em centros e postos de saúde e o atendimento de urgência e emergência recebem a maior parte das reclamações.

O estudo ouviu 2.773 pessoas residentes em domicílios particulares permanentes no período de 3 a 19 de novembro de 2010.

O objetivo é avaliar a percepção da população sobre serviços prestados pelo SUS. A pesquisa incluiu também perguntas sobre planos e seguros privados de saúde.

De acordo com os dados, 80,7% dos entrevistados que tiveram seu domicílio visitado por algum integrante do Saúde da Família afirmaram que o atendimento prestado é muito bom ou bom, enquanto 5,7% dos entrevistados disseram que o atendimento é ruim ou muito ruim.

O eletricista Edivandro Alves, 27 anos, morador de Valparaíso (GO), é usuário do Saúde da Família e afirma que o atendimento é de qualidade e de grande importância para sua vida.

"O Saúde da Família é bom, poderia ser melhor se tivesse mais médicos e equipamentos", destacou.

"Sou atendido por esse programa e os enfermeiros estão sempre lá em casa medindo minha pressão e vendo como anda meu diabetes”, disse.

A pesquisa também aponta que a distribuição gratuita de medicamentos foi qualificada como muito boa ou boa por 69,6% dos entrevistados e como ruim ou muito ruim por 11%.

A dona de casa Maria Olanda Nunes, 50 anos, recebe remédios gratuitos para controlar o diabetes e diz que está satisfeita com o benefício. "Fico feliz em poder receber esses remédios, não tenho condição de comprar.

Controlo o diabetes com os remédios gratuitos e com uma alimentação equilibrada, além de contar com enfermeiros todo mês na minha casa avaliando a minha saúde", disse.

O atendimento por médico especialista foi o terceiro serviço com maior proporção de opiniões positivas: 60,6% dos entrevistados disseram que o serviço é muito bom ou bom, enquanto 18,8% consideraram ruim ou muito ruim.

Já o atendimento prestado em centros e postos de saúde recebeu a menor proporção de qualificações como muito bom ou bom (44,9%) e a maior proporção de qualificações como ruim ou muito ruim (31,1%).

Em relação aos serviços de urgência ou emergência, 48,1% dos entrevistados consideraram que o atendimento é muito bom ou bom e 31,4% qualificaram como ruim ou muito ruim

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO 2021
Turismo 2021: O que esperar do Turismo Brasileiro no próximo ano?
SUA SAÚDE
Carnes de bichos selvagens podem transmitir parasitas, vírus e até matar
SEU BOLSO
Petrobras reajusta gasolina e diesel em 5% a partir desta quarta-feira
SONHOS INTERROMPIDOS
Pais perdem filho de 7 anos em tragédia na BR-376: "Passaram o dia montando a casa para receber ele"
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
UTI LOTADAS
13 crianças com covid estão em estado grave em Cuiabá
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe descobre estupro ao desconfiar que filha de 12 anos tinha ciúmes do padrasto
VIRUS A SOLTA
Caixão com corpo que tinha identificação de risco biológico por Covid é achado em estrada
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem fez vídeo antes de morrer em acidente no Paraná: 'Devagar, motora'
FATALIDADE
Padre cai de pedra em cachoeira e corpo é encontrado em poço