Menu
SADER_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Saúde apresenta ações para população negra em Conferência

8 Dez 2004 - 16h47
Será aberta amanhã, às 19h30 a “1ª Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial” no teatro Almir Sater da Unaes. O evento tem por objetivo acelerar as políticas públicas ligadas à promoção da igualdade racial no Estado e terá presença da ministra da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Matilde Ribeiro.

A Secretaria de Estado de Saúde estará representada no evento pela técnica Lucinda Pedrosa do Rosário, pedagoga que desenvolve trabalhos com as comunidades negras do Estado e da saúde do idoso. Lucinda explica que “as doenças que mais acometem a população negra do Estado são a hipertensão, a diabetes e a anemia falciforme e estamos trabalhando ações para, no ano que vem, minimizar esses problemas. Um evento desse porte, com representantes de várias comunidades, irá nos auxiliar muito para direcionarmos nossas ações, conforme as reivindicações”.

A conferência terá participação de 200 delegados, eleitos nas prévias conferências municipais e regionais ocorridas pelo interior e da Capital, representantes de diversos grupos étnicos raciais como: negros, índios, japoneses, árabes islâmicos e brancos comprometidos com a promoção da igualdade racial.

A Secretaria de Estado de Saúde adianta a prévia das atividades a serem realizadas no Programa da População Negra para o ano de 2005:
* seminário estadual para os profissionais da área de saúde, educação e assistência social sobre as doenças específicas da população negra, tais como: hipertensão, diabetes, obesidade, glaucoma, anemia/traços falciforme, anemias, reumatismo, osteoporose, manchas na pele, transtornos mentais, hepatite, quelóide, saúde bucal e outros;

* Capacitação dos profissionais da área de saúde, educação, esporte e lazer, assistência social, etc., com ênfase à anemia falciforme.
A -Saúde: Exame pré-nupcial, pré-natal, aleitamento materno, alimentação saudável, controle de exames hematológicos, etc.
B -Educação: CEI, escolas (professores), esporte, lazer, Assistência Social, Bombeiros, INSS, Ministério do Trabalho e áreas com ações até o idoso;

* Capacitar os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) nas áreas quilombolas e comunidade negra, no acompanhamento dos pacientes às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e hospitais de referência;

* Busca ativa aos portadores de traços/anemia falciforme em todos os municípios;

* Assegurar e garantir medicamentos, consultas e exames nas UBS para falcêmicos e seus familiares;

* Acompanhar através do Programa de Saúde da Família (PSF) as gestantes com síndrome hipertensivas;

* Identificar na população negra os pacientes com doenças crônico-degenerativas e os que estão em tratamento de vários tipos de câncer;

* Orientar sobre todas as campanhas de vacinação: desde a gestante até o idoso;

* Orientar a respeito do saneamento básico, higiene em geral, alimentação saudável desde o plantio até o consumo, incentivando o cultivo da horta caseira, escolar e comunitária;

* Palestras sobre todas as ações concernentes à saúde humana;

* Fornecer os endereços dos Centros de Referência e Hospitais nas especialidades específicas em busca de tratamento;

* Dar todo o tipo de assistência à população médica à população carcerária.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada