Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

São Paulo descarta título em GO e lembra "ajuda" ao Corinthians

27 Nov 2009 - 15h31Por Terra

Diante do mesmo adversário que festejou o título brasileiro do ano passado, o São Paulo pode repetir a história neste domingo e faturar o tetra nacional e sétimo de sua história novamente contra o Goiás, desta vez no Estádio Serra Dourada. No entanto, como não depende apenas de suas forças, os próprios dirigentes tricolores admitem que não pensam em uma possível festa com uma rodada de antecipação.

Em entrevista ao Terra TV, o superintendente de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, falou das dificuldades do duelo contra o clube esmeraldino, além de destacar a força dos rivais Flamengo, Palmeiras e Internacional, sem contar as chances pequenas dos mineiros Atlético-MG e Cruzeiro de levantarem a taça no dia 6 de dezembro.

"É um jogo dificílimo e sempre foi duro ganhar do Goiás lá. Nos últimos anos tivemos sorte e jogamos bem, me lembro até de um bonito gol do Mineiro lá", disse, antes de admitir que a verdadeira decisão deve ocorrer no final de semana seguinte, no Morumbi, diante do Sport. "Com certeza vamos esperar mais uma semana, não é possível (ser campeão no domingo). É muita coisa junta, são quatro concorrentes e o campeonato está aberto", afirmou.

No entanto, se não acredita que possa confirmar a quarta conquista seguida neste domingo, o dirigente aposta no tropeço de alguns rivais neste final de semana para se aproximar da taça. Enquanto o Inter pega o rebaixado Sport no Recife e o Palmeiras recebe o Atlético-MG na capital paulista, o cartola admite que sua maior esperança estará nos pés do Corinthians, que encara o Flamengo em Campinas.

E nem mesmo a rivalidade é motivo para Marco Aurélio desanimar. Questionado sobre uma suposta tentativa de o time do Parque São Jorge entregar o jogo aos rubro-negros para dificultar a vida dos tricolores, o dirigente disse que confia na "honra" do adversário e lembrou de um famoso episódio ocorrido no Paulista de 2004, quando o São Paulo venceu o Juventus na última rodada e salvou o Corinthians do vexame do rebaixamento.

"Os clubes são honrados. Sempre se questiona, é posto em xeque o lado moral da partida e não é assim. Espero um Corinthians forte, com vontade de vencer o Flamengo, assim como o São Paulo já fez outras vezes para A ou B, e mesmo para o Corinthians, quando o Grafite fez dois gols. O esporte é bom por isso", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado