Menu
SADER_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

São Paulo cai diante do Necaxa e perde invencibilidade

22 Mar 2007 - 08h20

O São Paulo viu sua invencibilidade de 29 jogos cair por terra nesta quarta-feira. Jogando no México, o time foi derrotado pelo Necaxa por 2 a 1, de virada, e viu o adversário disparar na liderança do Grupo 2 da Libertadores.

A última derrota do São Paulo havia sido no dia 24 de setembro do ano passado, quando o Palmeiras bateu o time tricolor por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. O time paulista conquistou o título nacional depois disso.

Vivendo um momento ruim no Campeonato Mexicano, o Necaxa foi para nove pontos com a vitória, mantendo 100% de aproveitamento na Libertadores. Já o São Paulo estacionou nos quatro pontos e ficou em situação ruim na competição.

Contando com o apoio da sua torcida, o Necaxa começou a partida pressionando. Com um minuto de jogo, Everaldo levantou a bola na área e Kléber cabeceou nas mãos do goleiro Rogério Ceni.

A partir daí o São Paulo começou a pressionar o Necaxa no campo de ataque e trocar passes. O time chegava com perigo à meta adversária, mas pouco chutava a gol e as jogadas eram, em sua maioria, destruídas pela defesa mexicana.

Recuado na defesa, o Necaxa passou a apostar nos contra-ataques e quase abriu o placar aos 16min, após Galindo receber lindo passe na área e chutar por cima de Rogério Ceni. A bola, porém, saiu rente à trave esquerda.

Um minuto depois, o zagueiro André Dias sentiu uma lesão e foi retirado de campo. Sem condições de jogo, o atleta foi substituído por Edcarlos. Neste momento, o Necaxa havia equilibrado a partida.

Tentando surpreender o adversário e retomar o domínio da partida, o São Paulo passou a apostar nas jogadas pela lateral-direita. Convocado para a Seleção, Ilsinho ia se destacando pelo lado do campo.

Apesar de apostar na direita, foi na esquerda que saiu o primeiro gol do São Paulo na partida. Aos 40min, Jadílson recebeu a bola, foi para o fundo e cruzou, mas ela foi para o gol e entrou no canto esquerdo de Álvarez.

No minuto seguinte o São Paulo teve a chance de aumentar sua vantagem no placar, após Aloísio entrar na área pela direita e ser derrubado por Galindo. Na cobrança do pênalti, Rogério Ceni bateu mal, nas pernas de Álvarez, e desperdiçou a chance.

O Necaxa voltou melhor para o segundo tempo e quase empatou o placar aos 2min. Lucas cruzou da direita e Kléber cabeceou no canto esquerdo, mas Rogério Ceni fez excelente defesa e espalmou a bola para o meio.

O time mexicano teve uma chance incrível para igualar o marcador aos 6min. Moreno recebeu passe na área e driblou Rogério Ceni, mas adiantou demais a bola e chutou em cima do são-paulino Miranda.

De tanto pressionar, o Necaxa igualou o marcador aos 16min. O time mexicano saiu rápido no contra-ataque e Moreno fez belo passe para Kléber. O atacante invadiu a área e chutou na saída de Rogério Ceni para marcar.

O São Paulo quase empatou aos 21min. Aloísio dominou na área, driblou um zagueiro e, em vez de chutar, tocou para o lado. Josué foi travado na hora do chute e Álvarez salva o Necaxa.

Com a perda do gol, o São Paulo foi castigado aos 23min. Salgueiro tabelou com Moreno, fez linda jogada individual e tocou por cima de Rogério Ceni, marcando um golaço para o Necaxa.

A equipe mexicana seguiu apostando nos contra-ataques, levando perigo ao gol de Rogério Ceni. Já o São Paulo partiu para o ataque, ainda mais quando Marcel substituiu o zagueiro Edcarlos, mas não foi feliz nas suas conclusões e o placar permaneceu o mesmo até o final da partida.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados