Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Santos perde para o Bragantino e agrava crise

19 Mar 2011 - 20h27Por R7

O Santos planejava usar o jogo deste sábado (19), contra o Bragantino, pelo Campeonato Paulista, para se recuperar na temporada e acreditar em uma reviravolta na Copa Libertadores. Contudo, a equipe da Baixada perdeu por 2 a 1 em Bragança Paulista e saiu de campo com mais problemas do que quando entrou nele.

O gol santista foi marcado por Elano, de pênalti. Léo Jaime e Marcelinho fizeram para o Braga. O resultado deixou o com 28 pontos, e a equipe deve ser ultrapassada pelos rivais Corinthians, São Paulo e Palmeiras, que jogam neste domingo (20) e possuem a mesma pontuação. O Bragantino foi a 19 pontos e continua brigando por uma vaga nas quartas de final.

O próximo compromisso do Santos será contra o Mogi Mirim, nesta quarta-feira (23), na Vila Belmiro. Resta saber se Marcelo Martelotte continuará no comando da equipe até lá. O técnico interino já estava pressionado por causa da derrota para o Colo Colo, na Copa Libertadores da América. No mesmo dia, o Bragantino visitará o São Caetano.

Os torcedores de Santos e Bragantino não pareceram a se empolgar muito com o show da dupla sertaneja Hugo e Tiago, que antecedeu a partida deste sábado. Quando as duas equipes entraram em campo, o público se levantou e passou cantar no acanhado Estádio Nabi Abi Chedid.

O Santos estava disposto a também voltar a dar espetáculo. O atacante Neymar prometia ser o astro na noite. De calçados novos, ele já gingou de um lado a outro na primeira jogada e partiu para cima da marcação. Foi derrubado.

Era Elano, no entanto, quem regia o Santos no início da partida. Sempre que Neymar recebia uma falta, o meia se apresentava para bater com efeito. Também saíram dos pés dele uma série de escanteios consecutivos na pressão inicial de sua equipe. O veterano acabava ovacionado se acertasse ou errasse suas cobranças.

Mas o Bragantino soube dançar conforme a música. Paciente para suportar o ímpeto do Santos, o time da casa tinha a proposta de contra-atacar em velocidade, sob os gritos do técnico Marcelo Veiga. Seus comandados, aos poucos, começaram a assustar o goleiro Rafael com trocas de passes envolventes e chutes de longa distância.

A defesa do Santos colaborava para que o Bragantino justificasse o apelido de Massa Bruta. Aos 25min, a zaga visitante se atrapalhou com mais uma investida dos donos da casa. Marcelinho invadiu pela esquerda, contou com a falha de Edu Dracena, que tropeçou na hora de fazer o corte, e a bola sobrou para Léo Jaime finalizar cruzado e abrir o placar.

O Bragantino se animou com o gol e acuou o adversário. Para reverter o momento de instabilidade no jogo, o Santos contou com a malícia de Zé Eduardo, que caiu na área em dividida com Everaldo. Pênalti. Elano deslocou o goleiro Gilvan na cobrança e passou a ser ainda mais idolatrado pelos santistas presentes.

Com moral, Elano até tentou anotar por cobertura na sequência, mas concluiu com muita força. A reação do Santos irritou alguns jogadores do Bragantino. O truculento Everaldo, de 36 anos, descontou a sua raiva no final do primeiro tempo em um desentendimento com Paulo Henrique Ganso, apagado em campo até então.

No início da segunda etapa, Neymar queria que o Santos chegasse à virada por meio de um novo pênalti. O atacante caiu duas vezes na área do Bragantino, porém foi ignorado pelo árbitro. Já o Bragantino, que tentava se acalmar, voltou a investir em contra-ataques rápidos. Restava melhorar as finalizações.

No instante em que a partida ficava mais lenta, os dois times se encarregaram de entusiasmar os torcedores com confusões no gramado. Pouco depois de incomodar Gilvan com dois bons chutes, Elano trocou agressões com Nêgo. Paulo Henrique Ganso também voltou a se desentender com Everaldo.

Para fazer o Santos se destacar por motivos técnicos, Marcelo Martelotte substituiu Ganso por Maikon Leite. A sua equipe até conseguiu colocar a bola na rede, com a ajuda da defesa do Bragantino, mas o árbitro assinalou falta de Neymar na jogada.

O gol do time da casa, contudo, valeu. Marcelinho completou cobrança de escanteio aos 44min e fez a festa do Bragantino.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 2 X 1 SANTOS


Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 19 de março de 2011, sábado
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Brizzio Marinho
Assistentes: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Assistentes adicionais: Antonio Rogério Batista do Prado e Adriano de Assis Miranda
Público: 11.146 pagantes
Renda: R$ 249.590,00

Cartões amarelos: Murilo Freire, Carlinhos e Nêgo (Bragantino); Zé Eduardo, Adriano, Danilo, Paulo Henrique Ganso e Neymar (Santos)

Gols: BRAGANTINO: Léo Jaime, aos 25min do primeiro tempo, e Marcelinho, aos 44min do segundo tempo;
SANTOS: Elano, aos 31min do primeiro tempo

BRAGANTINO: Gilvan; Carlinhos, Murilo Freire e Everaldo; Nêgo, Diego (Cristian), Eder, Rodriguinho (Paulo Roberto) e Júlio César; Marcelinho e Léo Jaime (Fabrício Carvalho)
Técnico: Marcelo Veiga

SANTOS: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Pará; Adriano, Rodrigo Possebon, Elano e Paulo Henrique Ganso (Maikon Leite); Neymar e Zé Eduardo
Técnico: Marcelo Martelotte (interino)

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto
CASA PRÓPRIA
Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida com opção para renegociar dívidas e menos juros
FINALISTA LIBERTADORES
Santos atropela Boca Jr e terá o Palmeiras numa final Brasileira
TRAGÉDIA NA PONTE
Motorista morre após caminhão cair de ponte