Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 12 de junho de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Santos massacra o Naviraiense e dá mais um show na Vila Belmiro: 10x0

11 Mar 2010 - 09h11Por Globo Esporte

O Naviraiense-MS passeou em Santos, conheceu a Vila Belmiro, a praia. E volta para casa nesta quinta-feira com a bagagem cheia de gols. O time sul-mato-grossense não foi páreo para o futebol rápido de Neymar, Robinho e companhia, nesta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro. O Peixe, como se estivesse treinando, massacrou: fez 10 a 0. André (3), Neymar e Madson (2), Ganso, Robinho e Marquinhos marcaram os gols - alguns, como os de Robinho e Neymar, foram uma pintura. Quem pensava que o Jacaré engrossaria a partida, já que no primeiro jogo, em Campo Grande (MS), segurou a equipe alvinegra e perdeu apenas por 1 a 0, se enganou. Agora, o Peixe pega o Remo (PA), pela segunda fase da competição.

 

A goleada foi a segunda maior da história da Copa do Brasil. O maior placar da competição é Atlético-MG 11 x 0 Caiçara-PI, na edição de 1991. O São Paulo também conseguiu uma vitória por 10 a 0. Foi em 2001, contra o Botafogo-PB, no Morumbi. 

 

Fácil demais

Se a ideia do Santos era exorcizar o fantasma do CSA-AL, que, no ano passado, contrariou os prognósticos, venceu na Vila e despachou o Alvinegro, a missão foi muito bem cumprida. A defasagem técnica e física entre santistas e sul-mato-grossenses ficou escancarada desde o início da partida, com o Peixe jogando dentro do campo do Jacaré, que não conseguia sair.


Todas as divididas eram do Santos. Os atletas de branco corriam muito mais que os de laranja e verde. Isso sem contar que o Peixe ainda tem Neymar, Robinho, Ganso, André, Marquinhos...


A diferença era tão grande que mal dá para se fazer uma análise tática da partida. O Santos entrou em campo num 4-3-3 clássico, com Marquinhos e Paulo Henrique Ganso armando as jogadas para Neymar, André e Robinho. Já o Naviraiense tentava parar os santistas com duas linhas de quatro. Tentava. O ritmo santista era alucinante, e os jogadores do Jacaré não sabiam para onde correr.


O primeiro gol santista saiu aos 9. Robinho pedalou pela direita, deixou seu marcador tonto e rolou para Ganso, sozinho na pequena área, completar. Mas a goleada viria um pouco mais tarde, apesar do ritmo de treino. Deu tempo até para o Naviraiense ameaçar. Aos 19, Marcelo Castelli fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Tom completar. O atacante acertou a trave. Foi só isso que o time visitante fez durante todo o jogo.

 

Mais beijos para Robson Júnior


A partir dos 28, o Santos desandou a fazer gols. Primeiro, Neymar passou para Pará, que entrou pela esquerda e cruzou para André. O atacante recebeu, girou e bateu de pé direito. Na comemoração, os jogadores se sentaram no chão e simularam um jogo de videogame. Aos 29, Robinho acertou um lindo passe para Neymar. O garoto invadiu a área, limpou os marcadores e afundou de esquerda. Na comemoração, teve sua chuteira "engraxada" por Robinho. Aos 31, Neymar retribuiu e largou Robinho livre. O camisa 7 avançou e, com um lindo toque, encobriu o goleiro marcando o quarto. Depois, foi ao camarote e mandou novamente beijos para o filho, Robson Júnior, presente ao estádio - antes do jogo, o menino chegou a entrar em campo para brincar com o pai.

 

O Narivaiense estava atordoado e ainda perdeu o volante Jacó, expulso, aos 35, pelo acúmulo de dois cartões amarelos. E o Santos continuava impiedoso. Aos 37, Ganso cobrou falta pela meia direita e acertou o travessão. Na sobra, André marcou o quinto. Não perca as contas. Marquinhos, aos 45, fez o sexto, chutando de fora da área. A bola desviou no meio do caminho e enganou o goleiro Aldo.

 

 

Pintura de Neymar

 

O Santos seguiu fazendo gols com muita facilidade no segundo tempo. Logo aos 9, Neymar marcou daqueles de antologia.  Dentro da área, num curto espaço, ele driblou três marcadores e o goleiro Aldo antes de empurrar para as redes. Aos 14, foi a vez de André marcar mais um. Pará cruzou pela esquerda, Neymar deixou passar e o camisa 9 entrou sozinho para empurrar para o gol.

 

Estava 8 a 0, mas ainda dava para chegar aos 10. Para isso, o técnico Dorival Júnior colocou Madson em campo, no lugar de Robinho, que saiu ovacionado pelos 11 mil torcedores que foram à Vila. O baixinho entrou aos 16 e, em seu primeiro lance, aos 21, fez o novo. Ele jogou a bola para Neymar e correu para receber dentro da área. Na saída do goleiro, deu um toque de esquerda e fez.

 

O décimo saiu aos 31. Madson cobrou falta com categoria, de esquerda, e acertou o ângulo direito de Aldo, que não aguentava mais buscar a bola tantas vezes no fundo das redes. Após o décimo gol, o Naviraiense teve mais um jogador expulso. Jean Batatais fez falta dura no goleiro Felipe. Como já tinha o amarelo, recebeu o vermelho.

 

Ao fim, o Santos apenas tocou a bola, de um lado para o outro, esperando o tempo passar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta