Menu
SADER_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Santos massacra o Naviraiense e dá mais um show na Vila Belmiro: 10x0

11 Mar 2010 - 09h11Por Globo Esporte

O Naviraiense-MS passeou em Santos, conheceu a Vila Belmiro, a praia. E volta para casa nesta quinta-feira com a bagagem cheia de gols. O time sul-mato-grossense não foi páreo para o futebol rápido de Neymar, Robinho e companhia, nesta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro. O Peixe, como se estivesse treinando, massacrou: fez 10 a 0. André (3), Neymar e Madson (2), Ganso, Robinho e Marquinhos marcaram os gols - alguns, como os de Robinho e Neymar, foram uma pintura. Quem pensava que o Jacaré engrossaria a partida, já que no primeiro jogo, em Campo Grande (MS), segurou a equipe alvinegra e perdeu apenas por 1 a 0, se enganou. Agora, o Peixe pega o Remo (PA), pela segunda fase da competição.

 

A goleada foi a segunda maior da história da Copa do Brasil. O maior placar da competição é Atlético-MG 11 x 0 Caiçara-PI, na edição de 1991. O São Paulo também conseguiu uma vitória por 10 a 0. Foi em 2001, contra o Botafogo-PB, no Morumbi. 

 

Fácil demais

Se a ideia do Santos era exorcizar o fantasma do CSA-AL, que, no ano passado, contrariou os prognósticos, venceu na Vila e despachou o Alvinegro, a missão foi muito bem cumprida. A defasagem técnica e física entre santistas e sul-mato-grossenses ficou escancarada desde o início da partida, com o Peixe jogando dentro do campo do Jacaré, que não conseguia sair.


Todas as divididas eram do Santos. Os atletas de branco corriam muito mais que os de laranja e verde. Isso sem contar que o Peixe ainda tem Neymar, Robinho, Ganso, André, Marquinhos...


A diferença era tão grande que mal dá para se fazer uma análise tática da partida. O Santos entrou em campo num 4-3-3 clássico, com Marquinhos e Paulo Henrique Ganso armando as jogadas para Neymar, André e Robinho. Já o Naviraiense tentava parar os santistas com duas linhas de quatro. Tentava. O ritmo santista era alucinante, e os jogadores do Jacaré não sabiam para onde correr.


O primeiro gol santista saiu aos 9. Robinho pedalou pela direita, deixou seu marcador tonto e rolou para Ganso, sozinho na pequena área, completar. Mas a goleada viria um pouco mais tarde, apesar do ritmo de treino. Deu tempo até para o Naviraiense ameaçar. Aos 19, Marcelo Castelli fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Tom completar. O atacante acertou a trave. Foi só isso que o time visitante fez durante todo o jogo.

 

Mais beijos para Robson Júnior


A partir dos 28, o Santos desandou a fazer gols. Primeiro, Neymar passou para Pará, que entrou pela esquerda e cruzou para André. O atacante recebeu, girou e bateu de pé direito. Na comemoração, os jogadores se sentaram no chão e simularam um jogo de videogame. Aos 29, Robinho acertou um lindo passe para Neymar. O garoto invadiu a área, limpou os marcadores e afundou de esquerda. Na comemoração, teve sua chuteira "engraxada" por Robinho. Aos 31, Neymar retribuiu e largou Robinho livre. O camisa 7 avançou e, com um lindo toque, encobriu o goleiro marcando o quarto. Depois, foi ao camarote e mandou novamente beijos para o filho, Robson Júnior, presente ao estádio - antes do jogo, o menino chegou a entrar em campo para brincar com o pai.

 

O Narivaiense estava atordoado e ainda perdeu o volante Jacó, expulso, aos 35, pelo acúmulo de dois cartões amarelos. E o Santos continuava impiedoso. Aos 37, Ganso cobrou falta pela meia direita e acertou o travessão. Na sobra, André marcou o quinto. Não perca as contas. Marquinhos, aos 45, fez o sexto, chutando de fora da área. A bola desviou no meio do caminho e enganou o goleiro Aldo.

 

 

Pintura de Neymar

 

O Santos seguiu fazendo gols com muita facilidade no segundo tempo. Logo aos 9, Neymar marcou daqueles de antologia.  Dentro da área, num curto espaço, ele driblou três marcadores e o goleiro Aldo antes de empurrar para as redes. Aos 14, foi a vez de André marcar mais um. Pará cruzou pela esquerda, Neymar deixou passar e o camisa 9 entrou sozinho para empurrar para o gol.

 

Estava 8 a 0, mas ainda dava para chegar aos 10. Para isso, o técnico Dorival Júnior colocou Madson em campo, no lugar de Robinho, que saiu ovacionado pelos 11 mil torcedores que foram à Vila. O baixinho entrou aos 16 e, em seu primeiro lance, aos 21, fez o novo. Ele jogou a bola para Neymar e correu para receber dentro da área. Na saída do goleiro, deu um toque de esquerda e fez.

 

O décimo saiu aos 31. Madson cobrou falta com categoria, de esquerda, e acertou o ângulo direito de Aldo, que não aguentava mais buscar a bola tantas vezes no fundo das redes. Após o décimo gol, o Naviraiense teve mais um jogador expulso. Jean Batatais fez falta dura no goleiro Felipe. Como já tinha o amarelo, recebeu o vermelho.

 

Ao fim, o Santos apenas tocou a bola, de um lado para o outro, esperando o tempo passar.

Leia Também

PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho