Menu
SADER_FULL
quinta, 22 de abril de 2021
Busca
Brasil

Ronaldo quer ficar livre para negociar após 2006

13 Jul 2004 - 07h24
O casamento do atacante Ronaldo com o Real Madrid pode acabar em 2006. Depois da data em que expira seu contrato com o clube espanhol, o astro brasileiro não pretende renovar automaticamente seu compromisso até 2008, como havia acordado verbalmente com os dirigentes.

A decisão de Ronaldo se deve à vontade de o atleta querer cuidar de seus próprios negócios após a Copa do Mundo de 2006. Se a renovação automática fosse feita, o atacante só teria esse direito após 2008.

Assim, a medida não impede que o atacante renove com o próprio Real Madrid, caso o clube espanhol faça a melhor oferta. Por outro lado, Ronaldo também ficaria livre para aceitar outra proposta tentadora.

Depois de quase um mês de férias, Ronaldo se apresentou ao Real Madrid nesta segunda-feira para começar a preparação para a próxima temporada. Na última temporada, o atacante foi o artilheiro do Campeonato Espanhol.

Ronaldo havia sido convidado para participar de uma partida beneficente promovida pelo craque português Figo, mas sua ida foi vetada pelo novo técnico da equipe espanhola, Jose Antonio Camacho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19