Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 29 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Risco de diabetes é maior entre ex-fumantes

7 Jan 2010 - 18h00Por www.minhavida.com.br

 
Chances do aparecimento da doença crescem em até 70% em razão do aumento de peso
Parou de fumar? Um mal comum de ex-fumantes é substituir o cigarro por comida e, muitas vezes, o ganho de peso é inevitável.

Segundo um estudo recente feito por pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins (EUA) abandonar o cigarro faz crescer os riscos do diabetes tipo 2 em até 70%.

Isso porque, a obesidade é um dos principais fatores que colaboram com o desenvolvimento da doença. Os ex-fumantes apresentam tendência a engordar já que o cigarro tende a inibir o apetite.

O estudo analisou cerca de 11 mil adultos na meia-idade durante o período de 17 anos e identificou que nos 6 primeiros anos após abandonar o cigarro, as chances do ex-fumante sofrer de diabetes sobem em 70%, quando comparados com pessoas que nunca fumaram.

Segundo os pesquisadores, os riscos de desenvolver a diabetes do tipo 2 são mais altos nos três primeiros anos, após o cigarro ter sido deixado de lado.

Cerca de 1,8% dos participantes que deixaram de fumar sofreram de diabetes nos primeiros 3 anos. Nesse mesmo tempo, os ex-fumantes engordaram, em média, 3,8 kg.

Porém, segundo os autores do estudo, o fato de o diabetes aparecer aumentarem para os ex-fumantes não pode ser desculpa para não abandonar o cigarro.

O diabetes do tipo 2 ocorre por conta da diminuição na produção de insulina pelo corpo ou quando este hormônio não consegue utilizá-la de maneira apropriada, alterando a quantidade de açúcar presente no sangue.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL