Menu
SADER_FULL
terça, 27 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Rigo e Onevan serão julgados hoje por infidelidade

14 Jun 2010 - 09h25Por Campo Grande News

Os deputados estaduais Onevan de Matos e Ary Rigo, hoje filiados ao PSDB, serão julgados hoje, às 17h, no processo movido pelo PDT, em que são acusados de infidelidade partidária.

Na última terça-feira, durante sessão do pleno do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), os parlamentares receberam dois votos contrários à cassação e um favorável.

Votaram contra o relator do processo, Luiz Gonzaga Mendes Marques, e o desembargador Rêmolo Letteriello.

O voto favorável foi do desembargador Miguel Florestano Neto. O advogado Ary Raghiant Neto pediu vistas, motivo que adiou o julgamento para esta segunda-feira.

O PDT requereu o mandato dos deputados alegando infidelidade partidária. Rigo e Onevan ingressaram no PSDB em 2009, alegando perseguição política dentro da legenda pedetista.

Havia, segundo eles, a ameaça de negativa de legenda para que disputassem a reeleição.

Rigo e Onevan argumentam que foram perseguidos após a intervenção no partido, organizada pelo diretório nacional e mobilizada pelo deputado federal Dagoberto Nogueira e pelo então presidente regional da legenda, João Leite Schimidt.

Se forem condenados, podem perder o mandato. Os cargos, neste caso, são assumidos imediatamente pelos suplentes Bela Barros e Humberto Teixeira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio
ASSALTANTES
Apresentador da Record sequestrado é achado em RR teve braços quebrados e amarrados
BRASIL - 157.397 MORTES
Brasil tem mais 263 mortes e 15.726 novos casos de covid-19
ALIVIO NO BOLSO
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça (27)
BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência