Menu
SADER_FULL
sábado, 31 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
JUNINHO DENTISTA NOVO
Brasil

Rezende joga contra interesses de MS, diz petistas

16 Set 2004 - 16h11
O coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso, deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), disse, hoje, que o deputado Geraldo Resende (PPS-MS) “não tem qualquer autoridade” para falar sobre articulação do Executivo estadual com a bancada. “A obsessão de Rezende é sempre tentar prejudicar o governo e o governador Zeca, quando na verdade está jogando contra os interesses do Estado”, disse Biffi.

Os deputados federais petistas Carlos Biffi e João Grandão rebateram as declarações de Geraldo Resende, para quem a alegada falta de articulação entre o Executivo estadual e a bancada federal teria causado cortes de recursos para Mato Grosso do Sul.

Para o coordenador da bancada, Geraldo Resende “não tem coerência sequer para falar por si mesmo” e, portanto, cai em descrétido ainda maior quando se atreve a falar sobre as relações dos deputados federais petistas com o Executivo estadual. “Geraldo Rezende foi secretário de Saúde de Zeca e, em vez de servir à coletividade, serviu-se do governo para se projetar eleitoralmente”, aponta Biffi. “Agora rompe todos os limites ao pretender jogar a bancada do PT contra o governo Zeca. Mas Rezende só fala por ele, e olhe lá.”


Crise de Identidade – Já o deputado federal João Grandão (PT-MS) preferiu ironizar o que classificou como “grave crise de identidade ou, talvez, algo mais sério” de que estaria sendo vítima o deputado Geraldo Rezende ao pretender “falar pelo PT” para atacar o Executivo estadual.

“Até parece que ele [Geraldo Resende] vive um estado de confusão mental, imaginando que fala pelos petistas, quando não pode ser levado a sério nem quando fala em seu próprio nome”, disse João Grandão, observando que se Mato Grosso do Sul tivesse, de fato, perdido recursos federais, Geraldo Resende seria um dos responsáveis, como membro que é da Comissão de Orçamento".

Para João Grandão, Resende sabe que o Orçamento da União sofreu contingenciamento geral de vinte por cento. “Mas ele prefere manipular ou omitir informações, coisa que já teria virado folclore, caso não fosse algo tão nocivo para os legítimos interesses da coletividade sul-mato-grossense.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia